Na semana passada os Estados Unidos sofreram com mais um ataque terrorista. Desta vez o ocorrido foi no aeroporto de Fort Lauderdale, na Flórida. Foram 5 mortos e 8 feridos.

Entenda o caso:

Um atirador abriu fogo no setor de bagagens do Aeroporto Internacional de Fort Lauderdale-Hollywood, nos Estados Unidos, matando cinco pessoas, disseram autoridades e testemunhas.

O escritório do xerife local disse que mais oito pessoas ficaram feridas no incidente.

O atirador parecia ser um homem de 20 anos e usava uma camiseta dos Star Wars. Ele foi baleado pela polícia enquanto tentava recarregar sua arma, informou a MSNBC, citando testemunhas.

Publicidade
Publicidade

Ele carregava uma identificação militar dos #EUA, disse o senador Bill Nelson, à MSNBC.

John Schlicher, que disse ao MSNBC que viu o ataque, descreveu o atirador como um "homem esguio" que estava "atirando diretamente para nós", enquanto os passageiros esperavam que suas bagagens saíssem da esteira. "Eu coloquei minha cabeça para baixo e rezei", disse Schlicher, acrescentando que sua esposa deu primeiros socorros a alguém que tinha sido baleado na cabeça.

Autoridades de segurança cercaram os passageiros em áreas seguras, de acordo com imagens em um canal de tv.

Cerca de 90 minutos depois do ataque, quando a cena parecia calma, o pânico começou novamente com os passageiros e a polícia correndo freneticamente pelo aeroporto. Dezenas de policiais correram para todos os lados, com armas automáticas, em direção a um grande grupo de viajantes.

Publicidade

Ari Fleischer, ex-secretário de imprensa do presidente dos EUA George W. Bush disse no Twitter que foram disparados tiros e "todos estavam correndo". "Tudo parece calmo agora, mas a polícia não está deixando ninguém fora do aeroporto - pelo menos, não na área onde estou", disse Fleischer.

Uma mulher atendia a um homem sentado e sangrando fora de um edifício do aeroporto, de acordo com uma foto postada no Twitter por uma empresa de tecnologia da informação de Michigan.

O tiroteio ocorreu na área de reclamação de bagagem do Terminal 2, disse um post na conta do Twitter do aeroporto.

O escritório do FBI em Miami estava "ciente da situação" e em contato com as autoridades locais, disse um porta-voz em um e-mail.

O aeroporto internacional de Fort Lauderdale-Hollywood é o segundo maior do sul da Flórida, servindo como um portal intercontinental. O Aeroporto Internacional de Miami é conhecido como o principal aeroporto para vôos internacionais na área.

O ataque da Flórida foi o mais recente de uma série de tiroteios em massa que assolaram os Estados Unidos nos últimos anos, alguns inspirados por militantes com uma visão extrema do Islã, outros por pessoas que têm fácil acesso às armas sob as leis dos EUA.

Publicidade

O mais letal tiroteio em massa na história moderna dos EUA ocorreu em junho do ano passado, quando um atirador aparentemente inspirado pelo chamado Estado Islâmico matou 53 pessoas e feriu 49 outras em uma boate gay em Orlando, na Flórida.

Um dos mais chocantes ocorreu em 2012, quando um homem entrou em uma escola primária em Newtown, Connecticut, e matou a tiros 20 crianças e seis adultos.

Confira o vídeo:

#2017 #Terrorismo