Apesar do físico teórico Stephen Hawking temer que alienígenas subjuguem a raça humana após uma invasão do tipo Independence Day, algumas pessoas influentes na indústria científica e tecnológica avaliam a ideia como ultrapassada. Para eles, os extraterrestres já estão aqui, vivendo entre nós.

Num recente evento ocorrido em Dubai, na Cúpula Mundial do Governo, o fundador da Tesla Motors e SpaceX, Elon Musk, responsável pela criação de foguetes usados em missões da NASA, surpreendeu cerca de 4 mil pessoas ao expor opinião sobre o tema.

Ao ser entrevistado pelo ministro de Assuntos de Gabinete dos Emirados Árabes Unidos, Mohammad Abdulla Alergawi, Musk ouviu que algumas pessoas acreditam que ele é alienígena.

Publicidade
Publicidade

As informações são do jornal britânico Express.

De forma descontraída, o magnata da tecnologia respondeu que essa é uma das “grandes questões na física e na filosofia”. Ainda declarou a possibilidade “deles” já estarem na Terra.

“Talvez eles estejam entre nós, eu não sei. Algumas pessoas pensam que eu sou um alien. Não é verdade. É claro que eu diria que não, não é mesmo?", ironizou.

Contudo, Musk ressaltou a possibilidade de extraterrestres estarem nos vigiando. Em setembro do ano passado, por exemplo, ele teve o foguete Falcon 9 destruído em uma explosão, após um ovni passar próximo do equipamento.

"Se existem alienígenas superinteligentes lá fora, eles provavelmente já estão nos observando. Nós simplesmente não somos espertos o suficiente para perceber isso”, destacou.

Ele ainda completou o raciocínio ao acentuar o fato de aliens tecnologicamente avançados serem capazes de explorar o universo.

Publicidade

"Qualquer civilização alienígena avançada que estivesse interessada em povoar a galáxia, mesmo sem exceder a velocidade da luz, por exemplo 10 ou 20 por cento da velocidade da luz, poderia povoar toda a galáxia em 20 milhões de anos”, avaliou.

Embora a hipótese de seres inteligentes viajando por recantos distantes do universo pareça fascinante para a maioria dos “mortais, Musk argumentou que isso é apenas a “ponta do Iceberg”.

"Isso não é nada no grande esquema das coisas", concluiu. #Mídia #Curiosidades #Internet