Uma bebê de apenas cinco meses teve um final de vida muito triste. A menina foi encontrada sem vida, na sua casa de Johnstown, na Pensilvânia, Estados Unidos da América. A autópsia não poderia ser mais reveladora, ficando explicado que a menina morreu por fome e desidratação, e que teria passado cinco dias de privações, após a morte dos #pais. A sua morte foi considerada como um caso de homicídio, mas do qual não deverão resultar criminalizações, uma vez que os pais já estavam mortos.

De acordo com a imprensa americana, os pais da bebê, Jason Chambers, de 27 anos, e Chelsea Cardaro, de 19, foram encontrados mortos na casa em 22 de dezembro, pelos policiais.

Publicidade
Publicidade

A menina teria morrido uns dois dias antes e, pelos exames posteriores à morte, os pais teriam ficado uma semana mortos, dentro de casa, depois de terem exagerado nas doses de drogas que tinham tomado. As autoridades já teriam conhecimento sobre os abusos com drogas desse casal e já tinham sido chamados nessa casa, durante o mês de novembro.

Na altura, tinha se tratado de uma #overdose de apenas um deles, no caso o pai da bebê. Jason tinha tomado drogas a mais, mas a companheira conseguiu chamar por ajuda. O que não aconteceu dessa última vez, quando os dois sofreram uma overdose e a bebê era demasiado pequena para conseguir pedir ajuda, acabando morrendo os três. Primeiro os pais, de overdose, e alguns dias mais tarde, foi a pequena Summer, depois de ter agonizado durante esses dias, morrendo de fome.

Publicidade

"É insondável pensar no que esta criança suportou enquanto estava viva", disse o chefe de polícia de Johnstown, Jeff Janciga, em declarações no jornal Mirror.

Janciga revelou ainda que a investigação continua correndo, uma vez que o caso está sendo tratado como um homicídio. Ainda que os pais não possam ser acusados criminalmente, poderiam existir outros culpados, até porque essa família já estava referenciada, por causa desse problema com drogas. A polícia esteve nessa casa, um mês antes da tragédia, e uma equipe de proteção de crianças e menores esteve falando com os pais e olhando a menina. No momento, eles determinaram que a casa era "apropriada" para Summer, porque havia "abundância da comida e a criança pareceu bem cuidada".

Um mês depois, a pequena Summer morreria de fome e de desidratação. #Bebês