O ex-boxeador profissional Yusaf Mack, de 37 anos, voltou à mídia nesta terça-feira, 21, em todo o mundo, por uma briga histórica e flagrada por um aparelho de celular. O lutador bateu em um homem homofóbico. Yusaf largou o boxe para virar um ator. No entanto, ele escolheu uma indústria polêmica para mostrar os seus dotes artísticos, a pornográfica. No cinema adulto, ele faz filmes com outros homens e nunca escondeu isso de ninguém. No entanto, por conta do trabalho inusitado, ele sofre muito preconceito.

Nessa segunda-feira, 20, no entanto, Yusaf perdeu a cabeça com uma das pessoas que, há tempos, o ofendia fazendo comentários homofóbicos. O caso foi noticiado pelo site TMZ.

Publicidade
Publicidade

Mack, que é gay assumido, aparece dando pontapés e socos em outro homem em um estabelecimento do estado da Philadelphia, nos Estados Unidos. O local é uma barbearia que Yusaf adora frequentar. Ele gosta de estar bonito para outros homens e para as produções cinematográficas que faz.

Em entrevista ao TMZ Sports, o boxeador alegou que cansou de receber ataques homofóbicos do "sujeito" visto nas imagens ao final dessa reportagem. O homem que apanhou, segundo o pugilista, usava a internet para ofendê-lo por conta de sua orientação sexual. As postagens com homofobia chegaram ao limite e o ator pornô agiu de maneira agressiva, partindo cm tudo contra o preconceituoso de plantão.

Questionado pelo TMZ se havia algum arrependimento por conta do episódio, o lutador disse que não e que o preconceituoso apenas teve o que tanto buscava.

Publicidade

Veja abaixo o vídeo que mostra a sequência de golpes dados pelo lutador homossexual no homem que fazia questão de ofendê-lo por conta de sua sexualidade. Atenção, as imagens a seguir registram violência. Por isso, deixamos sempre o alerta ao leitor. Na sua opinião, o pugilista gay agiu de maneira correta ao bater no homem que o humilhava na internet, ou ele deveria ter procurado outros meios a fim de tentar resolver essa situação? Não esqueça de deixar o seu comentário. A sua opinião é sempre muito importante para todos nós e ajuda no diálogo de temas relevantes à sociedade.

#Crime #Investigação Criminal