Kordarell Williams, de 27 anos, foi detido depois da polícia ver umas imagens suas, espancando um menino de sete anos. O ataque teria demorado durante cinco minutos, em que o homem foi visto chicoteando a #criança 62 vezes, com um cinto, em sua cabeça, ombros e pernas. As imagens foram gravadas pelas câmeras de segurança, na cidade de Houston, Texas, Estados Unidos da América. O homem seria o namorado da mãe do menino, que estaria castigando a criança.

Alegadamente, o menino teria roubado seu carregador de celular, e o homem castigou-o por essa razão, de acordo com o que ele disse, no tribunal. "Ele atingiu este menino 62 vezes", disse o agente Alan Rosen, claramente chocado com esse horrível espancamento a uma criança e sete anos.

Publicidade
Publicidade

O caso aconteceu no final da semana passada, mas a polícia rapidamente encontrou o suspeito.

O incidente foi relatado por volta das cinco horas da tarde, de quinta-feira, quando uma testemunha viu o homem parando seu carro, em um local ilegal para estacionamento, mas perto de seu apartamento, em Houston. Por ser proibido parar naquele local, a testemunha teria estranhado e ficou olhando o que estava acontecendo, quando viu o homem sair de um carro e tirar uma criança pequena para fora do carro. Depois, foi o espancamento que as câmeras também gravaram, com o homem batendo, sem parar no menino.

Depois de alertados por essa testemunha, os policiais rastrearam o vídeo, para encontrarem o suspeito. Foi através da placa do carro que eles conseguiram identificar Kordarell Williams e, apenas três horas depois de verem o vídeo, o homem já estava detido.

Publicidade

"Isso é difícil de descrever. A brutalidade de como ele bateu essa criança", revelou, chocado, o agente Alan Rosen, que teria sido um dos homens que esteve analisando essas imagens brutais, que duraram cinco minutos.

Williams ficou, então, detido, com uma fiança de 30 mil dólares, enquanto que o caso continua sendo investigado. O menino também já foi retirado, e está sob custódia dos serviços de proteção à criança. Se desconhece, no entanto, qual o papel da mãe do menino em toda essa história, uma vez que ainda não existe qualquer declaração da sua parte.

O vídeo está chocando e são muitas as pessoas que acabam culpando, um pouco, a mãe do menino, por levar esse homem, para junto da criança. "As pessoas precisam entender que seus filhos são mais importantes do que seu novo namorado ou namorada", "É perturbador quantas mulheres você lê que escolhem homens verdadeiramente maus para ter relações", ou "O que é há com as mulheres escolhendo homens como esse? Esta nem seria a sua primeira batida nas mãos deste animal. Eu só quero dar a esse menino abraços e beijos. Espero que ele esteja seguro agora", são alguns dos comentários que as pessoas vão deixando sobre esse caso.

Assista ao vídeo:

#Violência doméstica #Justiça