Um casal supostamente de professores foi flagrado realizando atos libidinosos completamente nu dentro de um terminal eletrônico pertencente ao banco HSBC na cidade de #Oaxaca, no México. Detalhe: a informação é de que, enquanto os dois se deliciavam dentro do recinto, os clientes que precisavam fazer suas movimentações financeiras em algum dos caixas do banco não ousaram interromper o momento de prazer dos apaixonados.

Segundo o jornal Metro, havia dezenas de pessoas do lado de fora esperando que o homem e a mulher terminassem de realizar os atos libidinosos. Segundo o portal O Globo, os dois supostos professores participavam de uma manifestação grevista de sua categoria e decidiram dar “uma fugidinha”.

Eles correram para um terminal de banco para se saciarem tranquilamente.

Publicidade
Publicidade

Eles só não esperavam que algumas pessoas que estavam do lado de fora do recinto pudessem registrar tudo e divulgar nas redes sociais. O vídeo, que não podemos publicar por questões óbvias de respeito aos nossos leitores, pode ser encontrado em um link que está disponibilizado nos comentários dessa publicação.

Ainda de acordo com informações, o ato libidinoso desses dois supostos professores foi realizado na semana passada, mas o vídeo gravado por um dos clientes do banco somente veio à público há poucos dias. Segundo as autoridades policiais do México, a dupla ainda não foi identificada para prestar depoimento sobre esse caso.

No entanto, a polícia continua em busca dos dois envolvidos. Muitos internautas brasileiros confundiram caso dos mexicanos como um fato acontecido no Carnaval. Logo, muitos seguidores das redes sociais no Brasil associaram tal ato à questão da festa de rua brasileira, que começou na última sexta-feira, 24, e que só vai acabar nesta quarta-feira (1º).

Publicidade

O Carnaval brasileiro é uma festa onde as pessoas dão a liberdade de cometer vários atos libidinosos em vários locais e vias públicas, mas, dessa vez, pode ser poupado por todos. O caso ocorrido em Oaxaca repercutiu em todo o mundo e foi publicado por diversos sites internacionais. #Curiosidade #fugidinha