Uma jovem, que chutou seu namorado para fora da cama, porque seus roncos altos a acordaram, ficou horrorizada ao descobrir que os ruídos eram, na verdade, suas respirações de moribundo. Lisa Lee, de 25 anos, diz que sabia por médicos que seu parceiro, Lewis Little, sofria de uma condição cardíaca rara que causa um batimento #Cardíaco anormal, mas viveria uma "vida longa e saudável". No entanto, não foi isso que aconteceu e o que Lisa pensava serem seus roncos altos, por estar dormindo bem, era um ataque cardíaco que ele estava sofrendo. Lewis morreu, e a viúva quer agora alertar as pessoas que sofrem dessa doença, para o perigo que isso pode ser.

Publicidade
Publicidade

Lisa acredita ainda que se Lewis tivesse um desfibrilador interno, ele ainda poderia estar vivo, uma vez que isso teria reiniciado seu coração, assim que ele parou. Lisa ficou sozinha, com o filho de ambos, mas com muita força para lutar por todas essas pessoas que foram diagnosticadas com um "baixo risco", mas que afinal seu coração pode parar, para sempre, durante a noite. Afinal, o som de ronco que ela escutou foi, na verdade, o ar saindo de seu corpo e passando pelos acordes vocais.

"Disseram-nos que Lewis teria uma vida longa, feliz e saudável - mas ele morreu um ano após o diagnóstico. Quando estávamos na cama, eu só pensava que ele estava roncando, então eu o chutei para fora da cama e disse para ele calar a boca. Mas eu senti que os lençóis estavam molhados e sabia que algo estava errado.

Publicidade

Eu liguei as luzes e seu rosto estava roxo - ele não estava respirando. Chamei uma ambulância e senti que demorava muito. Eles o declararam morto no hospital", contou Lisa, agora que está fazendo uma petição, para angariação de fundos para que que quem sofre de síndrome de Brugada, como Lewis, tenham o direito a terem um desfibrilador, como aqueles que sofrem com risco maior.

Lewis, que alegadamente tinha uma doença de baixo risco, morreu com somente 25 anos. A síndrome é um assassino silencioso e Lisa pretende "aumentar a conscientização e garantir que algo seja feito".

O que é Síndrome de Brugada

A #Síndrome de Brugada é uma condição cardíaca incomum, mas grave, que pode resultar em ritmos cardíacos anormalmente rápidos que podem causar palpitações ou desmaios. O problema pode ser genético, ou pode ser transmitido em famílias, mas é possível que as pessoas com a condição não tenham todos os sintomas. A condição é a principal causa de morte cardíaca súbita em pessoas jovens e saudáveis e pode não ser diagnosticada porque não há anormalidades visíveis, de acordo com o jornal Daily Mail. #Casal