A mulher que filmou ela mesma fazendo #Sexo Oral dentro de um #tribunal da Flórida está agora sendo procurada pela polícia para responder por comportamento lascivo. A polícia está em busca de Brittney Jones, 26, e Jeremias Isiah Robinson, de 35 anos, o homem que realizou o #ato sexual no tribunal Duval County, em 31 de janeiro, em Jacksonville.

Horas depois que a polícia emitiu um mandado de prisão, Jones escreveu em seu Facebook que ela estava "visitando alguns locais" em Nova York, em pontos turísticos como Times Square e Central Park. Ela mais recentemente fez um check-in no aeroporto JFK na terça-feira de manhã.

Funcionários do tribunal disseram que o vídeo foi gravado em um corredor vazio no quarto andar durante o horário comercial.

Publicidade
Publicidade

Jones estava no tribunal naquele dia para um julgamento por acusações de drogas. Depois de postar o vídeo no Twitter, ela brincou dizendo que "acabou de encontrar uma maneira de sair do problema". Os oficiais disseram que Jones e Robinson sabem que são procurados pelo escritório do xerife de Jacksonville, mas não estão cooperando.

O vídeo mostra claramente o ato sexual em um banco no corredor de uma sala do tribunal. Quando entrou em contato pela primeira vez, quarta-feira pela manhã, o administrador do tribunal não estava ciente do incidente, mas lançou uma investigação depois de assistir o vídeo e ver o que aconteceu. A unidade da integridade no escritório do xerife de Jacksonville, que olha as operações dos empregados da corte, está investigando o caso.

O relatório da polícia diz que a atividade suspeita foi observada por vídeo vigilância.

Publicidade

De acordo com o relatório, a atividade consistia em um homem e uma mulher envolvidos no que parecia ser um comportamento inadequado dentro do tribunal enquanto a mulher estava no tribunal para responder por acusação de posse de drogas, contrabando, violação da liberdade condicional. A família de Jones tentou fazê-la parar de publicar vídeos vulgares online por anos, segundo a Action News. Mas ela nunca deu ouvido e agora está sendo procurada.