A família de um menino vítima de bullying está compartilhando as imagens das últimas agressões do garoto. O adolescente, de 15 anos, não teve a sua divulgada, mas sua imagem está já correndo o mundo. O #bullying é um problema sério e essa família de Bridgend, no sul do País de Gales, quer mostrar para todo o mundo o que outros jovens fizeram com esse menino.

Em poucas horas, a imagem do adolescente, com rosto inchado e ensanguentado, já tinha milhares de compartilhamentos. A polícia de Bridgend deteve um garoto, de 17 anos, para investigação.

O menino teria sido atacado assim que desceu do ônibus, no regresso para casa.

Publicidade
Publicidade

Ele vinha da escola quando foi interceptado e vítima de um ataque brutal. O adolescente foi deixado, sozinho, todo ensanguentado e com um enorme inchaço no lado direito de seu rosto. O jovem sofreu golpes nos dois lábios e foi levado para o hospital, com suspeita de mandíbula quebrada.

A polícia começou logo a investigar esse caso e, de acordo com o jornal Daily Mail, os policiais já teriam detido um jovem, suspeito nesse ataque, mas a investigação ainda está somente no seu início e se aguarda ainda por outras detenções.

Uma amiga da família, Sarah Davies, fez um apelo para que as pessoas de Bridgend possam colaborar com a investigação. "Por favor, se alguém viu alguma coisa, diga à polícia. Estou compartilhando isso com a permissão de sua mãe", escreveu Sarah no #Facebook. Desde que ela publicou as imagens chocantes em uma página local do Facebook, na semana passada, elas foram compartilhadas mais de oito mil vezes.

Publicidade

Espera-se agora que alguém possa servir de testemunha nesse caso e que possa ajudar na identificação dos agressores.

No Facebook, a resposta ao compartilhamento está sendo intensiva, com os moradores da região expressando seu desgosto perante essas imagens. Um deles escreveu: "Alguns idiotas, por certo, por que as pessoas pensam que são grandes e inteligentes por chutar alguém. Espero que apanhem o desordeiro que fez isso.” Outro usuário comentou que "ataque covarde nojento", deixando seus votos de que o menino "se recupere fisicamente", mas especialmente que "ele não fique muito traumatizado por isso mais tarde".

Um porta-voz da polícia também fez um apelo importante para o caso. "A polícia de Bridgend está apelando para que testemunhas de um ataque a um adolescente em North Cornelly se apresentem". A investigação vai continuar. #crianças