Uma grande polêmica se espalhou pelas ruas de #Roma, cartazes colados por toda parte surgiram fazendo críticas e ameaças ao Papa Francisco.

Os cartazes exibiam a imagem do #Papa com um olhar cansado e carregado,e surpreendeu muitas pessoas que viram. Além da sua expressão carregada, havia uma lista de reclamações num tom de muita critica e questionamentos ao papa.

Falso jornal também surpreendeu

Além dos cartazes espalhados nas paredes da cidade, nas caixas de correio dos cardeais de Roma surgiram muitas cópias falsas do jornal do Vaticano, o L'Osservatore Romano. E na capa do jornal também havia uma lista de perguntas feitas ao Papa por um grupo de cardeais conservadores.

Publicidade
Publicidade

Acredita-se que se trata de uma campanha articulada contra as reformas de Francisco na igreja, já que o Papa tem tentado aproximar da igreja os casais separados e até homossexuais, propondo um diálogo de abertura.

Um Papa popular, mas polêmico

Francisco é um papa bastante popular entre muitos católicos, mas ainda enfrenta resistência às mudanças que tem promovido no Vaticano, na sua maioria por parte dos fiéis mais conservadores.Isto talvez explique esta campanha publicitária por parte das alas tradicionais da Igreja, onde a maior resistência é em relação ao sexo.

O Papa tem tentado facilitar a comunhão de casais divorciados e que se casaram novamente, para que possam comungar, mas para a ala mais conservadora isso contraria os ensinamentos da Igreja sobre o matrimônio.

O cardeal americano, Raymond Burke, é um entre aqueles que fazem oposição contra Francisco, e as mudanças na igreja.

Publicidade

Burke defende com unhas e dentes as leis da Igreja católica e exige que elas sejam cumpridas. Ele afirmou que o papa está fazendo mudanças perigosas na tradição da igreja e faz críticas abertas às mudanças promovidas por Francisco.

Muitos católicos não aceitam as mudanças promovidas por Francisco, além da sua opção de viver em uma casa simples e não no apartamento papal. Para estes católicos conservadores muitas das atitudes do Papa são consideradas inadequadas, mas ao ser questionado Francisco afirmou não se incomodar com as criticas. #Catolicismo