Nos últimos anos, a África do Sul vem registrando o aumento no número de igrejas neopentecostais. Em meio ao crescimento, destacam- se os pastores ambiciosos e com experiência em atrair e enganar multidões de seguidores. Já não é de hoje que esses falsos pastores instauram provas de fé para que seus seguidores a cumpram de acordo com sua fé em Deus. Dessa vez, um caso polêmico está relacionado ao pastor sul- africano Theo Bongani Maseko, acusado de obrigar seus fieis a ingerirem óleo para motor.

Denominado como o profeta pela igreja Ministério do Sopro de Cristo, em entrevista para o jornal The Star, o pastor Maseko acabou confirmando a informação de que pede para que seus fieis consumam o óleo.

Publicidade
Publicidade

De acordo com ele, isso demonstra que se a pessoa tiver realmente fé em Deus, nada de mal lhe acontecerá.

Ainda segundo o pastor, quando as orações são feitas sobre o líquido, como forma de bênção, todas as substâncias tóxicas são retiradas do produto.

De acordo com Thoko Mkhwanazi Xaluva, presidente do órgão governamental responsável por permitir a prática destes cultos, há o abuso de práticas inadequadas. Para ela, estas práticas religiosas não são de hoje. Em 2014, outro pastor sul-africano obrigou seus seguidores a ingerirem gasolina como se fosse suco. Na ocasião, o pastor Lesego Daniel também foi acusado de convencer seus fiéis a ingerir grama para que pudessem ficar mais próximos de Deus.

Em agosto de 2016, uma jovem mulher acabou falecendo dentro de uma igreja na África do Sul após o pastor Letelhebo Rabalago ter lhe ordenado para que ela se deitasse no chão com um alto-falante sobre o peito.

Publicidade

Na ocasião, a mulher acabou falecendo após ser diagnosticada com traumatismo na caixa toráxica causada pelo peso do alto-falante, aliado ao peso do pastor que teria subido em cima do equipamento.

Após ordenar para que a mulher levantasse do chão, os demais membros da igreja logo constataram que ela estava inconsciente. Depois de recuperar a consciência minutos mais tarde, a mulher começou a se queixar com a sensação de que havia quebrado uma costela. Após ser levada para o hospital mais próximo, ela acabou falecendo minutos depois.

O pastor responsável por causar a morte da fiel rebateu as críticas, afirmando que havia lhe faltado fé. Por conta disso, ela não conseguiu realizar uma simples tarefa, justificou o religioso. #pastores evangélicos #Curiosidades #Religião