O rompimento de uma barragem na cidade de Oroville, Califórnia, repercutiu pelos noticiários no mundo. A situação é grave, e as causas são as fortes chuvas. Medidas para reverter o #Acidente estão sendo tomadas pelas autoridades, mas a população em área de risco ainda continua longe de casa.

A #represa, ou lago, de Oroville é a maior dos Estados Unidos. A barragem tem por volta de 235 metros de altura, e fica a aproximadamente 250 Km à nordeste de São Francisco, capital.

Devido à neve e às chuvas dos últimos dias, o nível de água aumentou. Os vertedouros da represa danificaram, e, infelizmente, a situação é preocupante. Devido ao risco de desmoronamento da barreira, as autoridades evacuaram a área nas proximidades do local.

Por causa dessa circunstância, cerca de 200 mil pessoas tiveram de deixar seus lares e migrar para uma área segura, e esse número pode aumentar se houver mais emergências.

Oroville é uma cidade pequena, com cerca de 16 mil habitantes. Sendo assim, não foi a única afetada por esse problema na represa.

As outras localidades desocupadas são: Oroville East, South Oroville, Oroville Dam, Gridley, Palermo, Thermalito e Wyandotte.

É a primeira vez em 50 anos que a represa está passando por um momento grave.

Medidas para reverter o caso estão sendo tomadas. Até o momento, houve tentativas de drenar a água da represa. Além disso, foram jogadas rochas na abertura por onde sai o vazamento, a fim de vetar a passagem da água. Outra tentativa foi liberar a água no objetivo de diminuir o nível da represa.

Serviços de emergência estão responsáveis por cuidar desse desastre, e sempre em contato com as autoridades, levando informações sobre o caso.

Até agora, a situação não se reverteu, e existe grande chance de desabamento e inundação das cidades mais próximas.

Embora as causas sejam totalmente diferentes, esse episódio lembra os brasileiros da tragédia no município de Mariana, em Minas Gerais.

Em Oroville, espera-se que tudo se resolva rapidamente e que nenhum habitante da região sofra quaisquer danos. #Califórnia