Essa semana, a divulgação de imagens que mostram as agressões de uma cuidadora a uma senhora de 77 anos chocou os moradores de Birmingham, que fica no condado de Midlands, na Inglaterra. O caso aconteceu em setembro do ano passado, e foi julgado somente nos últimos dias. Os familiares da senhora Betty Boylan, que necessita de cuidados diários, pois sofre de demência, perceberam que a idosa começou a apresentar hematomas e escoriações, depois que a cuidadora Bina Begum, de 49 anos, começou a olhá-la. A mulher que cuidava da aposentada recebia cerca de mil libras por mês da casa de cuidados em que trabalhava e tinha a confiança dos parentes da mesma.

Publicidade
Publicidade

A senhora que é enfermeira aposentada teria ido apara a casa de apoio depois que seu marido morreu, e aparentemente era bem cuidada. No entanto, nos últimos meses os filhos e netos de Boylan começaram a perceber um comportamento estranho dela, além de ferimentos pelo corpo e resolveram colocar uma câmera escondida nas dependências da casa. Um aparelho foi escondido atrás da televisão do quarto, e flagrou imagens estarrecedoras. A agressora aparece no vídeo batendo na idosa de modo brutal. Em determinado momento das cenas, ela levanta a senhora pelos cabelos e a joga novamente na cadeira de rodas em que estava, ela chegou a ficar confusa. Em outras ela aparece enfiando violentamente uma colher de comida na boca da aposentada, e dando de comer a ela uma substância suspeita. As gravações foram levadas até as autoridades para que medidas cabíveis fossem tomadas.

Publicidade

A cuidadora foi presa, e ao dar depoimento à polícia acabou admitindo que realmente agredia a idosa. O caso foi julgado no início desse ano, e a decisão dos magistrados causou revolta nos familiares. Os juízes decidiram que a agressora não seria presa, e a mesma recebeu apenas a pena de um ano de quarenta horas de trabalho voluntário e uma multa de quase trezentos euros. Para os parentes a decisão foi absurda e a mulher deveria estar presa. Os filhos de Betty estão revoltados e pedem por justiça. A neta Lisa Thompson gravou um vídeo explicando e denunciando o ocorrido, ela disse que todos já suspeitavam que as agressões ocorressem, mas que, ainda assim, ver as imagens foi uma das piores coisas da sua vida. Assista ao vídeo com a declaração no link a seguir:

Begum foi demitida da casa de apoio na qual trabalhava, e a entidade se desculpou com a família dizendo que primam pelo bem estar de seus residentes, e tentam vistoriar o comportamento de todos os funcionários.

#Crime #Investigação Criminal