Essa semana, uma jovem decidiu realizar um ato inusitado e #Bizarro com o próprio corpo, ela resolveu cortar a falange distal do dedo mindinho com um alicate. A mulher é Torz Reunolds, de 24 anos, uma tatuadora inglesa que postou nas redes sociais uma foto se orgulhando de seu feito. Ela, que mora em Essex, no Reino Unido, publicou em sua conta no Facebook, a imagem de sua mão depois da mutilação. Na legenda da foto, a jovem se orgulha de seu feito dizendo que nunca esteve tão feliz em toda a sua vida, e que se sentia realizada por ter feito o que fez. Apesar de dizer que não existia nenhum significado pessoal para realizar o ato bizarro, se sentia satisfeita com o resultado.

Publicidade
Publicidade

A cena mostra a sua mão com as unhas pintadas de preto, várias tatuagens e o dedo decepado. Ao que parece não existe nenhum sinal de inflamação, e o local da ferida já está cicatrizado. A repercussão na #Internet não podia ter sido pior, e os comentários destinados a ela não foram muito animadores. Os internautas não perdoaram e disseram que é uma insanidade o que a jovem fez com o próprio corpo. Respondendo na mesma altura Torz não deixou barato e retrucou dizendo que faz da sua vida o que bem entender e que não se importa com a opinião alheia. Para ela basta que se sinta feliz para que decida por fazer uma coisa como essa. Ainda ressaltou que não está ferindo e nem incomodando ninguém, e que o fato de colocar nas redes sociais não é para ganhar mídia, e sim para poder compartilhar com seus amigos pessoais as experiências incríveis que vem tendo ao longo dos anos.

Publicidade

Essa não seria a primeira vez que Torz ganhou destaque nas mídias através de um ato extravagante. A jovem já havia ganhado fama em 2014 quando decidiu arrancar a pele do próprio braço para se ver livre de uma tatuagem. Ela teria se arrependido de ter escrito o nome do namorado, e ao invés de fazer tratamentos como o de laser para a remoção da tinta, a jovem optou por seguir o caminho mais drástico possível. Ela postou fotos com o antebraço em carne viva depois de ter retirado sozinha a pele. Aparentemente ela parece não ligar para as repercussões negativas e se sente satisfeita com o que faz. Todos esses atos foram inclusive documentados em vídeo, segundo a jovem ela ainda colocará na internet os momentos em que as mutilações aconteceram.