A companhia privada de foguetes SpaceX planejou uma nova missão envolvendo dois turistas americanos que serão enviados à Lua, em 2018. De acordo com o dono e CEO da companhia, o magnata Elon Musk, essa é uma grande oportunidade para seres humanos retornarem ao espaço lunar, após 45 anos. A última vez que os EUA enviaram astronautas à Lua foi em 1972. O CEO da SpaceX afirmou que os turistas desembolsaram alguns milhões de dólares pela #Viagem, porém, não revelou valores, tampouco as identidades dos passageiros. "Não é ninguém de Hollywood", ele garantiu.

Elon Musk disse ainda que os passageiros viajarão ao espaço como os astronautas da Apollo, levando sonhos e esperanças de encontrar algo que seja bom para a humanidade.

Publicidade
Publicidade

Eles também são guiados pelo gosto de explorar o 'desconhecido'. O magnata afirmou que a companhia fará de tudo para tornar os riscos mínimos aos novos exploradores. O governo americano juntou-se à própria agência para financiar a Space X, Dragon 2, numa tentativa de que fossem criados novos veículos tripulados para explorar o espaço.

Antes do lançamento, a espaçonave deverá fazer um voo teste, sem tripulação, até o final desse ano e no segundo semestre de 2018 acontecerá o segundo voo, dessa vez com tripulação. Depois do lançamento, a espaçonave fará uma volta ao redor da Lua, mas, por precaução, não deve pousar no satélite natural.

Risco não é zero

O magnata explica que os dois americanos estão cientes dos riscos da nova missão, mas não se mostraram temerosos. "Eles não são ingênuos. Faremos de tudo para minimizar o risco, mas ele não é zero", confessa o CEO e ainda confirma que a intenção é, através dos passageiros, testar condições físicas e de saúde dos humanos no espaço, além de dar início aos treinamentos no fim de 2017.

Publicidade

Em setembro do ano passado, em Cabo Canaveral, na Flórida, durante um teste de lançamento com o foguete Falcon 9 da Space, uma explosão o destruiu completamente. Em 2015, a Space X já havia sido abalada por outra explosão em uma de suas espaçonaves não tripuladas. Ela estava levando suprimentos para a Estação Espacial Internacional. #Universo #Turismo