Um vídeo mostra o momento exato em que a euforia dos parques de diversões viram trauma de proporções imensuráveis.

As imagens, registradas em um parque na cidade de Chongqing, na China, são bem fortes e foram divulgadas nesta semana pelo site People's Daily Online e pelo tabloide inglês Mail Online.

Uma garota de apenas 14 anos morreu após ser lançada para fora de um brinquedo com sistema de travas com defeito.

As imagens mostram que ela tentou se agarrar desesperadamente na barra de metal, mas a velocidade e a força gerada pelos movimentos circulares do equipamento não permitiram que ela se salvasse.

Ela então girou no ar com a máquina por cerca de cinco segundos, antes de ser jogada longe e bater no chão.

Publicidade
Publicidade

Várias pessoas ficaram aterrorizadas e tentaram sair de perto do brinquedo.

Entre as testemunhas do terrível #Acidente estavam várias crianças. Uma delas é vista colocando as mãos sobre as orelhas, enquanto a multidão chorava.

Depois que a menina bateu no chão, vários espectadores podem ser vistos tentando salvá-la.

O nome da vítima lançada em direção à morte diante dos olhos e de gritos de testemunhas, não foi divulgado pelas autoridades chinesas.

O que se sabe é que ela foi socorrida imediatamente e declarada morta logo após dar entrada em um hospital próximo, no Sudoeste da China. Médicos fizeram várias tentativas de reanimação, mas a adolescente não respondeu a nenhuma delas.

O nome do brinquedo que provocou o acidente é “A Journey in Space", cuja tradução em português é “Uma Jornada no Espaço”.

Publicidade

Ele é comum não só na China, mas em parques de outros países.

A máquina apresentou um defeito que não havia sido detectado antes pelas equipes do Zhaohua Park, em centro de entretenimento e lazer localizado no condado de Fengdu. O local é muito popular na China e atrai milhões de visitantes por ano.

O acidente está sendo investigado pelas autoridades locais, que esperam esclarecer se houve uma fatalidade ou se omissão em relação aos procedimentos de segurança e à manutenção.

Veja o vídeo: