Em #Singapura, um "snap" acabou sendo motivo de uma tragédia. Ao tentar fazer um post no aplicativo Snapchat, o adolescente Jonathan Chow acabou se jogando de uma altura de quatro andares, através da grade de proteção de um shopping center (Orchard Central)

Sua amiga, de 17 anos de idade, Ruth, estava filmando a ação amigo disse que ele queria fazer um snap mostrando a si mesmo pulando sobre a grade para uma borda que havia embaixo, que ele acreditava ser de concreto. Na verdade, só ao pular a primeira vez é que os adolescentes perceberam que a borda era feita de placa de gesso, que não foi capaz de suportar o peso do adolescente.

Publicidade
Publicidade

"Nós dois pensamos que a borda era feita de concreto, mas quando ele saltou, ele caiu direto!", disse Ruth a um jornal local de Singapura. "Eu sabia que era perigoso, mas antes que eu pudesse pará-lo, ele já tinha saltado. Eu juro que quis saltar também, mas soube que já era tarde demais.

Segundo ela, as palavras finais de seu amigo foram: "Me ajude a fazer esse vídeo pro #Snapchat, eu vou pular".

Nas imagens captadas por uma câmera de segurança do Orchard Central, é possível ver que tudo aconteceu muito rapidamente. O adolescente pula uma única vez sobre a grade, desparecendo em seguida. Sua amiga então se aproxima, assustada, e percebe que o amigo caiu.

Inicialmente, as pessoas pensaram que Chow tinha deixado cair seu celular acidentalmente e pulou para tentar recuperá-lo. No entanto, com as imagens de segurança, é possível ver que Ruth estava com o smartphone na mão, pronto para filmar a ação do amigo.

Publicidade

O momento trágico provocou um debate acalorado nas mídias sociais, com os internautas divididos sobre quem é o culpado pela morte do garoto de 17 anos de idade. Segundo informações do site Next Shark, alguns culparam o shopping center porque dava a ilusão que a borda era feita de concreto, quando na verdade não era. Há os que acreditam que o Chow foi o próprio responsável por sua tragédia.

Há também os que discutem e culpam a atual geração, "YOLO". A filosofia de vida desses jovens é aproveitar a vida ao máximo, fazendo coisas arriscadas e perigosas apenas para se mostrar na internet. O pai do jovem o descreveu como um rapaz alegre e com grande senso de humor. Ele também não culpou a amiga Ruth pelo que aconteceu, em nenhum momento. Chow era de Singapura, mas estava estudando na Austrália. #Internet