Uma brincadeira diabólica viraliza entre adolescentes de várias cidades da Sibéria (Rússia). Para ganhar o jogo é preciso cometer suicídio. O caso começou a chamar atenção das autoridades após duas garotas em idade escolar, Yulia Konstantinova, 15 anos, e Veronika Volkova, 16, tirarem a própria vida no domingo (26), ao saltarem de um prédio de 14 andares no município de Ust-Ilimsk.

Conforme o jornal russo The Siberian Times, no dia seguinte, segunda-feira (27), foi a vez de Ekaterina, 15, ficar gravemente ferida depois de pular do quinto andar de um apartamento em Krasnoyarsk.

Além das três adolescentes, poucos dias antes outra menina de 14 anos morreu ao saltar à frente de carros em movimento.

Publicidade
Publicidade

Intrigados com as violentas atitudes das jovens, investigadores descobriram que um bizarro jogo de suicídio na #Internet chamado “Baleia Azul” (Blue Whale), influenciou as jovens a se matarem.

Instantes antes de saltar do décimo quarto andar do prédio, policiais descobriram que Yulia Konstantinova escreveu a palavra “End” em sua página da internet.

Ainda postou a foto de uma baleia azul, símbolo de suicídio em um grupo da mídia social russa "Vkontakte" - responsável por incentivar menores a praticar autoextermínio (veja abaixo)

SUSPEITOS DETIDOS

Ainda no domingo, quando as duas jovens morreram, a polícia prendeu na cena do #Crime dois homens suspeitos de filmarem o ato.

De acordo com declarações do diretor de uma escola local, uma aluna disse que havia aderido a um “grupo de morte” e planejava ceifar a própria vida em breve.

Publicidade

Ao ser questionada pela polícia, a menina confidenciou ter recebido tarefas bizarras para o “ritual de passagem”, do administrador do grupo na mídia Vkontakte.

O homem disse que ela teria que escrever determinadas palavras nas mãos, utilizando somente uma faca, e depois de 50 dias procurar um edifício para se matar.

Relatórios afirmam que participantes do game “Baleia Azul” são obrigados a usar armas brancas para desenhar a forma do mamífero no pulso ou braços.

Também são incitados a assistir filmes de terror durante vários dias e a acordar exatamente às 4h20 da madrugada. Depois de 50 dias praticando o ritual, os participantes têm de cometer suicídio.

Após a recente prisão do administrador do grupo, Phillip Budeikin, 21, casos de autoextermínio entre adolescentes diminuíram.

No entanto, autoridades acreditam que cerca de 130 jovens de 2015 a 2016, possam ter tirado a própria vida em decorrência do jogo Baleia Azul.

As investigações continuam. Veja a seguir a foto do suposto mandante Phillip Budeikin.

#Curiosidades