Com mais de 10 metros de comprimento e uma misteriosa protuberância na cabeça, baleia achada por turistas às margens da praia de Pelluhue, na região de Maule (Chile), na última quinta-feira (23), impressiona populares e biólogos.

Em depoimento à rede midiática chilena BioBio, Alejandro Pérez, biólogo marinho da Universidade Católica, avalia a possibilidade do enorme mamífero pertencer a espécie minke-antártica - encontrada nos oceanos do Hemisfério Sul.

Todavia, admite dúvidas quanto a origem do cretáceo. "Sem a barbatana dorsal não se pode distinguir bem”, fala.

Com relação ao bizarro corpo estranho, Pérez conjectura a chance dele ser ocasionado em decorrência de uma pancada.

Publicidade
Publicidade

Para ele, provavelmente a baleia bateu a cabeça em uma embarcação, resultando no gigantesco tumor e sua posterior morte.

Porém, também avalia a hipótese do mamífero ter morrido no mar e a correnteza o arrastado até o litoral de Pelluhue.

Segundo Perez, nesse tempo, o cretáceo pode ter entrado em processo de fermentação, capaz de gerar a grotesca protuberância observada por turistas e autoridades.

Apesar da cena parecer incomum, o biólogo marinho acrescenta que o intenso fluxo de embarcações prejudica as rotas migratórias de espécies marinhas nessa época do ano.

“Neste tempo de verão e início do outono começam os maiores movimentos destas espécies na nossa costa, algo que é comum”, explica (veja fotos; vídeo final da matéria).

No entanto, Gian Paolo Sanino, cientista especialista em mamíferos marinhos, habituado a estudar diversas espécies de baleias, ao ser contatado pela imprensa chilena, salienta estranhar as características do suposto tumor apresentado na cabeça do animal.

Publicidade

Acostumado a realizar centenas de necropsias em crustáceos, revela nunca ter visto um processo inflamatório semelhante ao da baleia encontrada na última quinta-feira.

Entretanto, ao analisar as fotos, acredita que o mamífero seja uma baleia comum (ou fin), conhecida pela ciência como “Balaenoptera physalus” (vídeo a seguir)

Enquanto especialistas divergem sobre a espécie do mamífero, no Twitter, usuários demonstram espanto com o tamanho do tumor.

“O que tem na cabeça?”, fala @obelmary

“Dizem que é um tumor”, responde @Sebastian_LT

“Disseram que foi uma batida, mas acho credível que seja um tumor”, opina Area 51 P.R (veja abaixo)

#Mídia #Curiosidades #Internet