Um americano de 20 anos, identificado como Keith Jordan Lambing, está sendo acusado de agressão, estupro e homicídio de Bentley Miller, um menino de apenas quatro anos de idade, que era filho de sua própria namorada, Mackenzie Peters. Não bastasse o terrível ato, em si, a mãe do criminoso, Kristen Herold, de 43 anos, teria ajudado o filho em uma tentativa de fugir das autoridades.

Segundo a polícia local, o acusado do hediondo delito foi encontrado apenas um dia depois do incidente. Ele estava escondido no sótão de uma casa abandonada, tendo chegado a este esconderijo com a ajuda de sua mãe.

O #Crime aconteceu no dia 21 março, em Butler, cidade localizada no estado da Pensilvânia (#EUA), mas, os detalhes do caso só vieram a público recentemente.

Publicidade
Publicidade

Naquela data e, de acordo com um relatório da polícia, às 9h30 (horário local, 10h30, no horário de Brasília), as autoridades foram chamadas para atender a uma ocorrência em que se reportava haver uma criança inconsciente dentro de um carro.

Ao chegarem à localidade indicada, os policiais encontraram a mãe de Lambing transportando Bentley. Kristen Herold teria afirmado que havia pegado o garoto em um motel, onde seu filho supostamente estava hospedado com a mãe da criança e outro filho do casal, de quatro meses de vida.

A mãe do criminoso disse ainda às autoridades que Lambing era padrasto do menino, e que ela estaria levando o garoto (que estava sangrando) para o seu pai biológico, quando ele perdeu a consciência – momento em que Herold estacionou o carro e acionou o serviço de emergência.

Publicidade

Morte devido a vários traumas

Bentley Miller foi levado às pressas para o hospital da cidade (Butler Memorial Hospital), onde acabou falecendo, uma hora depois. O menino morreu em função de uma grande perda de sangue, devido a abuso sexual. Ele também possuía contusões no tronco, na cabeça e nas extremidades, além de uma grave queimadura na mão esquerda.

Segundo a polícia, Keith Lambing estava sozinho no motel com a criança e, no momento do crime, Mackenzie Peters estaria trabalhando. No entanto, as autoridades não descartam futuras acusações contra a mãe do garoto. O bebê de quatro meses do casal foi colocado em custódia.

Kristen Herold e seu filho estão presos na cadeia de Butler e o promotor da cidade, Rich Goldinger, afirmou que o hediondo crime pede a sentença máxima permitida no estado da Pensilvânia para Keith Lambing – a pena de morte. #Investigação Criminal