Essa semana, a notícia de uma venda milionária em um leilão surpreendeu pelo conteúdo da transação. Uma jovem, de apenas 18 anos, decidiu leiloar sua #virgindade, e conseguiu o exorbitante valor equivalente a quase R$ 7,7 milhões de reais. Ela é a modelo romena Aleexandra Khefren, nome de trabalho, e estava esperando o resultado da venda desde o final do ano passado quando anunciou que iria leiloar sua primeira experiência. Dona de um corpo escultural e de um rosto digno das passarelas, a moça conseguiu muito mais do que esperava. Ela nasceu e mora na cidade de Bucharest, capital da Romênia, e começou a aparecer na mídia depois que em dezembro do último ano, sinalizou que tinha interesse em vender sua virgindade.

Publicidade
Publicidade

Segundo os assessores da agência que cuida da transação, a jovem estaria fazendo esse ‘sacrifício’ para poder estudar e comprar uma residência decente para os pais. Ela estaria passando por dificuldades e essa seria a maneira que a mesma encontrou para poder crescer na vida. Apesar da história bonita, os pais da moça não tiveram a reação que a mesma esperava. Eles repudiaram o ato da jovem, e cogitaram deserdá-la depois que ficaram sabendo o que ela estaria propondo. Apesar da ressalva a moça continuou com a venda, e recebeu o valor milionário.

Em depoimento, Oana Raducu, nome verdadeiro da jovem, disse que está bastante contente com a decisão que tomou, e que não esperava que fosse receber uma quantia tão alta. Para ela, o fato de poder fazer o que bem entender com o seu corpo é um direito maravilhoso.

Publicidade

Ainda reiterou que se não fosse dessa maneira, teria perdido a virgindade com um conhecido qualquer que provavelmente a teria abandonado dias depois. Segundo ela não é uma grande coisa vender a virgindade, outras garotas também pensariam da mesma maneira. O felizardo e dono da quantia milionária, quase 2,5 milhões de euros, é um morador de Hong Kong que não teve seu nome divulgado pela agência alemã que cuida do negócio. A moça está radiante e se diz preparada para a primeira vez, o hotel onde o encontro irá acontecer já está reservado pela empresa que ficará com 20% da quantia combinada.