De acordo com o site Metro, a britânica Phillipa Rabbitts, de 27 anos, não pode sair em público com a filha de oito meses, pois uma multidão acaba cerca a dupla por causa de um fato que realmente chama a atenção: a pequena Bella, que pesa menos de cinco quilos, é tão pequena e tem tanto cabelo, que as pessoas pensam que ela está usando algum tipo de peruca e às vezes chegam até a pensar que Phillipa está carregando uma boneca, ao invés de uma garotinha de verdade.

A mãe da menininha que ostenta a "vasta cabeleira" trabalha como designer editorial online em Chelmsford, cidade pertencente ao condado de Essex, no leste da Inglaterra, e afirmou que quando Bella nasceu por cesariana, a primeira coisa que o cirurgião disse foi: "Ela tem um monte de cabelo!".

Publicidade
Publicidade

Philipa se assustou com a exclamação do médico, pensando que a bebê estava coberta de pelos da cabeça aos pés, mas quando olhou para sua filha, viu apenas o que ela mesma chamou de "enorme esfregão (feito) de cabelo preto" na cabeça de Bella.

Phillipa revelou que a garotinha veio ao mundo pesando somente 2,12 quilos, três semanas antes do tempo esperado e, como já apresentava enormes madeixas grossas e escuras, a bebê de fato parecia uma boneca. A jovem mãe disse ao Metro que Bella se tornou uma verdadeira atração no hospital, pois todas as parteiras do estabelecimento foram visitar a recém-nascida, alegando que nunca haviam visto uma bebê tão cabeluda.

Cuidando das madeixas

Segundo Phillipa Rabbitts, a pequena Bella adora ter sua vasta cabeleira lavada e escovada. Além disso, todas as vezes em que cuida das madeixas da filha, a designer lhe faz uma massagem no couro cabeludo, o que, segundo ela, a garotinha "ama".

Publicidade

No entanto, como diz o ditado, "nem tudo são flores": leva um tempo considerável para que os "nós" do cabelo de Bella sejam desfeitos (além do período gasto na escovação propriamente dita), e Phillipa explicou que quando tenta amarrar a "juba" da menina, ela não para quieta.

A mãe da garotinha admitiu ainda que leva o dobro de tempo para arrumar o cabelo da filha quando comparado ao dela próprio e, para piorar a situação, a bebê não gosta muito do secador de cabelo, o que leva Phillipa a fazer todo o longo trabalho de secagem usando uma toalha.

Problemas de crescimento

Ainda de acordo com o Metro, Phillipa revelou que ela e seu marido Matthew Cole (33), estão enfrentando um problema em relação à Bella: eles não sabem por que sua filha ainda é tão pequena aos oito meses de idade e, por isso, estão realizando testes genéticos em busca de uma explicação.

Matthew está realizando uma campanha online para angariar fundos para a organização SWAN UK, que dá suporte a famílias do Reino Unido que possuem filhos com a chamada "Síndrome Sem Um Nome" (SWAN em inglês, ou Syndrome Without A Name), termo usado para explicar problemas genéticos não identificados ou ainda desconhecidos. #Curiosidades #Europa #Medicina