Um bebê recém-nascido foi encontrado enterrado vivo em um terreno baldio no sábado (29), no povoado de Shyamsundarpur, no distrito de Jajpur, na Índia. A criança foi encontrada por um homem que estava passado pelo local e avistou os pés da criança. O caso deixou moradores revoltados com tamanha crueldade com a criança. Nenhum suspeito de ter cometido o crime foi preso pela polícia.

Conforme informações de mídia local, acredita-se que o bebê do sexo feminino tinha no máximo 4 ou 6 horas de vida. Ainda de acordo com mídia local, a criança estava enrolada em um pano e chorado muito.

Após se desenterrada, a criança foi levada às pressas para um centro de saúde comunitário, como estado de saúde bem delicado e precisava de cuidados especiais.

Publicidade
Publicidade

Em seguida, ela foi transferida para uma unidade médica da cidade.

Segundo informações repassadas pela direção do hospital, o bebê recebeu todos os atendimentos necessários para o caso e seu estado de saúde é estável e não corre risco de morte. Conforme informações do médico que atendeu a criança, a vítima estava em estado crítico.

"Um trabalhador trouxe uma menina resgatada. Acredita-se que o recém-nascido tenha entre 4 e 6 horas de vida. A menina estava em estado crítico. Iniciamos imediatamente seu tratamento e estabilizamos sua condição", disse Chintamani Mishra, médico oficial do hospital.

Veja logo abaixo o momento exato que a criança é desenterrada:

Segundo informações de Alok Ranjan Rout que encontrou a criança, "a bebê foi enterrado de cabeça para baixo. Ela estava enrolada num pano.

Publicidade

Encontramos dois pés pequenos acima do chão e acreditamos que o bebê estava vivo". Conforme informações da polícia, a suspeita é que a criança foi abandonada pelos seus pais devido ela ser do sexo feminino ou por ser filha de uma mãe solteira.

"Um caso foi apresentado contra os pais não identificados da criança e membros da família. Uma investigação será feita para tentar descobrir onde a criança nasceu e sob que circunstâncias ela foi enterrada”, disse o inspetor policial Amitabh Mohapatra. O caso está sendo investigado. #Investigação Criminal #Casos de polícia #Vídeo