Brooke Lajiness, de 38 anos, está sendo acusada de ter abusado de um garoto de 14 anos, entre oito a quinze vezes. Casada e mãe de filhos, a mulher teria se aproximado do garoto, que seduziu com fotos suas, '#nudes'. O caso aconteceu no verão passado, no Michigan, Estados Unidos da América. E a mulher vai agora ser julgada no tribunal americano.

Publicidade

Ela está enfrentando treze acusações de conduta sexual criminosa e uma de acossar um menor para fins imorais. Alegadamente, a mulher manteve relações sexuais com o menor de idade, a quem enviou as referidas fotografias nuas..

Publicidade

A maioria dos crimes sexuais teriam ocorrido no assento traseiro de seu carro, quando estacionado em uma entrada de automóveis. A polícia dos EUA continua investigando esse caso e, em particular, essa mulher, procurando por mais vítimas. Brooke foi presa quando a mãe do garoto foi a uma delegacia de polícia e disse aos oficiais que a mulher de 38 anos estava dormindo com seu filho.

De acordo com o policial Donald Pastermark, que descreveu o caso em tribunal, Brooke e o rapaz começaram conversando e trocando fotos, quando ele ainda estava no ensino fundamental. Eles teriam começado a ter relações sexuais no verão passado, quando ele ainda tinha 14 anos.

O procurador-adjunto do condado de Washtenaw, John Vella, disse: "Este caso envolve uma ré que procura menores para sexo". No entanto, o advogado de Brooke fala que existe apenas uma "suposta vítima", dizendo que a acusação fala em "menores", mas ele fala que existe apenas um jovem envolvido nesse caso.

O marido da arguida parece que continua ao lado da esposa.

Publicidade

Após 16 anos de #Casamento, ele compareceu junto de Brooke no tribunal, deixando acreditar que eles continuam juntos e que ele a está apoiando neste momento mais difícil. Nesse momento da audiência, a mulher já foi proibida de estar com menores, exceto seus próprios filhos e não deve usar computadores ou sites de mídia social.

Brooke Lajiness não está detida e está aguardando o julgamento em liberdade. No entanto, ela está sob fiança e uma das condições que ela precisa cumprir é a proibição de consumir álcool ou drogas.

O julgamento vai continuar e a mulher está arriscando pena de cadeia, por ter mantido relações sexuais com um garoto menor de idade.

E o leitor, o que pensa desse caso? Ela merece ser presa? Ou, com 14 anos, o garoto já sabia o que estava fazendo? Deixe sua opinião! #Abuso Sexual