Já dizia Agatha Christie: “Os elefantes nunca esquecem”, e não esquecem mesmo. Em países da África, continente onde há muitos elefantes, existe o comércio ilegal de marfim, onde caçadores matam inúmeros elefantes adultos, todos os dias.

Uma imagem, que tornou-se conhecida em noticiários de todo o mundo, mostra uma elefanta, ainda filhote, ao lado de sua mãe, caída no chão, após ser baleada por um caçador. O animal foi atingido com um tiro que veio de um caçador de marfim. No momento que sua mãe foi atingida, o pequeno filhote não pensou em correr junto com a manada de elefantes que fugiam de um destino cruel nas mãos da ganância do homem.

Publicidade
Publicidade

O animal apenas sentiu a dor de ver tudo o que tinha, desaparecer diante de seus olhos. Mesmo com pouco tempo de vida e sendo dependente da mãe, o bebê afastou outros #Animais que se aproximavam e ficou acariciando sua mãe com sua pequena tromba.

A elefantinha passou dias ao lado da mãe, sem comer ou beber e quando foi encontrada por funcionários de uma instituição que resgata e protege elefantes vítimas dos caçadores de marfim, estava com inanição e se ficasse mais tempo na mesma condição, teria morrido de fome e de tristeza.

Os veterinários concluíram que a elefanta bebê tinha 18 meses de vida quando teve sua história marcada para sempre. Os veterinários tentaram salvar a vida da elefanta baleada, mas não conseguiram. O bebê resgatado recebeu o nome de Zongoloni, pelos funcionários da fundação Orphan´s Project, no Quênia.

Publicidade

Lá, ela foi tratada e hoje vive feliz e em segurança com outros 200 elefantes resgatados. A fundação foi criada por David Sheldrick Wildlife Trust, sendo este local conhecido como o maior “orfanato de elefantes” de todo o mundo.

O sofrimento que os elefantes vivem na África inspiram inúmeras pessoas, inclusive celebridades, a ajudar, de alguma forma, a causa.

Nicky Campbell, apresentador da BBB 5 Live, se tornou ativista da proteção aos elefantes e escreveu uma música contando a triste realidade de filhotes como Zongoloni. A canção foi disponibilizada em plataformas de vendas de download, para que toda a renda seja revertida para ajudar a salvar mais elefantes em perigo.

Campbell salientou, em uma entrevista ao The Mirror, que os elefantes são animais incríveis e que, assim como as pessoas, eles podem sorrir, chorar ou brincar uns com os outros, mas graças ao comércio ilegal de marfim, os seres humanos têm se tornado o seu pior pesadelo.

Veja o vídeo oficial da canção de Nick e, se tiver interesse, adquira a música no site Amazon por £0.99. Lembrando que toda a renda é revertida para o projeto. Ah, e claro: prepare os lenços de papel antes de assistir ao clipe, pois a junção da letra com as imagens dos filhotes resgatados, é comovente:

#Caça Ilegal #Ativismo