Uma investigação foi lançada depois de "dejetos humanos" serem encontrados em latas de Coca-Cola, em uma fábrica na Irlanda do Norte. A polícia foi chamada depois de relatos de que uma remessa tinha sido contaminada em uma fábrica em Lisburn, County Antrim. O incidente envolveu um carregamento de latas vazias que foram entregues na fábrica antes de serem enchidas e seladas. A #coca-cola insiste que estão investigando o caso mas que nenhuma das latas dessa remessa foi colocada para venda.

De acordo com a marca do refrigerante, a situação foi logo identificada e nem deu tempo de nenhum desses produtos ser colocado no mercado.

Publicidade
Publicidade

"Na Coca-Cola, tomamos a segurança e a qualidade dos nossos produtos muito a sério. Estamos cientes de um incidente envolvendo latas vazias em nossa fábrica em Knockmore Hill, Lisburn. Estamos tratando este assunto com extrema seriedade e estamos conduzindo uma investigação minuciosa em cooperação com o Serviço de Polícia da Irlanda do Norte", contou um porta-voz da coca-cola, em declarações citadas pelo jornal Daily Mail.

"O problema foi identificado imediatamente por meio de nossos robustos procedimentos de qualidade e todo o produto do lote afetado foi imediatamente apreendido e não será vendido. Este é um incidente isolado e não afeta qualquer produto atualmente à venda", garante a marca para a imprensa inglesa.

Funcionário explicou o incidente

Uma fonte contou para o Belfast Telegraph que as latas costumam chegar de caminhões do Reino Unido, mas que essas teriam chegado da Alemanha.

Publicidade

Foi durante o turno noturno que alguns empregados da fábrica teriam notado que algumas latas estavam cheias de "fezes humanas", parando logo a produção. As máquinas teriam ficado paradas durante quinze horas, até que tudo foi limpo e retomaram o trabalho.

De acordo com essa fonte, os rumores que eles haviam escutado foram que na viagem da Alemanha para a Irlanda do Norte, estavam alguns "pobres imigrantes", que teriam utilizado as latas para fazerem suas necessidades, uma informação que não foi, no entanto, confirmada pela polícia. "Os detetives estão investigando um incidente nas instalações comerciais na área de Lisburn, após relatos de que um lote de latas entregues nas instalações estava contaminado. A investigação está numa fase inicial e não há mais detalhes disponíveis neste momento", revelou o porta-voz da polícia irlandesa. #Investigação Criminal #Casos de polícia