Uma mulher foi chamada pela sua própria mãe de ‘filha do capeta’, após ela ter inventado que estava morrendo de câncer para conseguir dinheiro de várias pessoas para o seu falso tratamento. Twisted Whitehead, de 38 anos, chegou a raspar a cabeça e até a cortar seu peito para colocar um falso cateter, tudo isso para arrecadar mais de 50 mil reais entre doações de amigos de trabalho e internautas que se sensibilizaram com sua história.

Só que não demorou muito para que sua mãe, dee Waddington descobrisse toda a verdade sobre a filha. Segundo a mulher, sua primogênita sempre mentiu e criou histórias malignas desde quando era adolescente e, dessa vez, a mãe resolveu abandonar sua filha completamente, por estar cansada de seu comportamento demoníaco.

Publicidade
Publicidade

Twisted foi tão convincente com sua farsa que toda a sua equipe de trabalho se sensibilizou com sua história, inclusive seus chefes. A mãe da mulher afirma que a Twisted começou a inventar histórias mirabolantes aos nove anos de idade e só foi piorando desde então. Dee ainda disse que lutou para ajudar a filha e , em lágrimas, disse que ainda ama Twisted, embora quer ver a mulher longe dela e de sua família.

A mulher era tão capciosa que chegou até a forjar suas notas na faculdade, sendo mais tarde descoberta por um professor. Em outro episódio revelado por sua mãe, quando Twisted tinha apenas 17 anos em uma viagem com alguns amigos, a menina disse que seus pais haviam morrido em um acidente, o que era completamente mentira. Até a noiva de Twisted foi enganada durante seu casamento, que sua mãe também não sabia e ficou chocada.

Publicidade

O comportamento doentio da jovem já vinha sendo observado pela família, que tentou de todas as formas ajudar Twisted, que nunca aceitou a intervenção de sua família em seu problema.

A mulher inventou outras mentiras também, chegou inclusive, a inventar que tinha um filho que postava fotos nas redes sociais que na verdade nunca existiu, e tudo foi descoberto por sua mãe. Além disso, Twisted teve uma criança que deu para adoção sem nunca ter comunicado a sua mãe, que ficou cansada em descobrir tantas mentiras de sua filha que parece sofrer de alguma patologia psicológica. #Crime #Casos de polícia