Um menino com uma #Doença de pele rara aprendeu a aceitar sua aparência incomum depois de encontrar um cão que se parece com ele. Carter Blanchard tem oito anos e sofre de vitiligo, uma condição crônica causada pela falta de melanina, um pigmento na pele. Como resultado, o menino tem manchas brancas em torno de seus olhos e espalhadas pelo corpo, o que fez com que ele sofresse de uma falta de confiança, e de bullying. No entanto, o menino de Arkansas agora está abraçando seu aspeto particular, depois de fazer amizade com Rowdy, um #Cachorro Labrador preto que tem as mesmas manchas brancas distintivas em torno de seus olhos.

O cão de 14 anos era de Oregon, e também sofre de vitiligo. Foi diagnosticado com a condição em 2014, tal como Carter.

Publicidade
Publicidade

Foi a mãe do menino, Stephanie Adcock que criou a aproximação dos dois, depois de ter visto retratos de Rowdy na Internet, conseguindo falar com o dono de Rowdy, Niki Umbenhower. Eles construíram um relacionamento de longa distância, mas só se reuniram pela primeira vez no sábado, dia 18 de março, após doações do público, que permitiram o financiamento da viagem.

Niki, de 48 anos, disse: "Com toda a honestidade, era como se eles se conhecessem desde sempre. Carter entrou, tirou o casaco e ajoelhou-se e começou a acariciá-lo. Ele estava no chão brincando e Rowdy apenas continuou caminhando ao redor dele e se deitando sobre ele".

Alegadamente, Stephanie mostra a Carter as imagens que Niki coloca do cachorro, em seus sites de mídia social. Depois, a mãe envia para Niki os comentários do menino, criando assim o relacionamento entre as duas famílias, cada vez mais próximo, apesar da longa distância.

Publicidade

"Por causa do quanto nos temos aproximado, quando eles entraram pela porta sinceramente, eu senti como se tivessem se encontrado um milhão de vezes", disse Niki, em declarações citadas pelo jornal Mirror.

Mas Rowdy já era famoso, antes da amizade com o pequeno Carter, que está encantando o mundo. Antes de isso, já Rowdy tinha aparecido na TV, depois que suas fotos se tornaram virais e do Instagram do dono ter passado de 200 seguidores para cinco mil, em poucas horas.

Apesar de toda a fama do cachorro, Niki se emocionou quando foi contactado por Stephanie, percebendo que Rowdy estava fazendo a diferença na vida de uma criança. "Eu queria fazer o que pudesse para continuar ajudando Carter a se sentir melhor com essa doença. Sua vida deu uma volta de 180 graus, na maneira como ele vê sua pele e queremos fazer isso para ajudar tantas #crianças e pessoas quanto pudermos".

Vitiligo é uma doença muito especial, mas, cada vez mais, as pessoas começam aceitar melhor essa diferença no tom da pele.

Publicidade

A modelo Winnie Harlow é um dos exemplos mais famosos dessa doença, que não está afetando sua carreira. Sofreu de bullying em criança, para se tornar em uma das mais belas mulheres do mundo e com mais trabalhos no mundo da moda.