Barrie Philip Hill foi considerado um "incômodo sexual", por um juiz no tribunal. O homem era acusado de uma série de comportamentos "repugnantes e terríveis" para com as #mulheres. O juiz, no país de Gales, preferiu não prender já o homem, de 50 anos, que foi, no entanto, condenado. Ele ficou proibido de falar em #sexo com qualquer mulher durante sete anos. Se ele violar essa ordem dada no tribunal, ele será mesmo condenado a prisão efetiva.

A ordem segue após uma seqüência de incidentes em que ele deixou mulheres chateadas e abaladas fazendo comentários sexuais grosseiros e inapropriados com elas. Alegadamente, ele teria feito várias abordagens para as mulheres, perguntando-lhes se ele poderia tocá-las e ter relações sexuais com elas.

Publicidade
Publicidade

De acordo com os relatórios no tribunal, seu comportamento foi considerado "inaceitável e totalmente indesejado".

Ele foi ainda acusado por ter dado palmadas nas costas de mulheres e ter sorrido de forma louca para os seios delas. Hill foi então considerado culpado em seis acusações por ofensas sexuais e uma acusação de agressão sexual. Em consequência, ele foi ordenado, pelo juiz, a não se aproximar de qualquer mulher sozinha. O homem não poderá então "seguir, perseguir ou intimidar qualquer mulher ou procurar se aproximar dela por qualquer meio", e também não poderá fazer "comentários ou observações mais sexuais a qualquer mulher", de acordo com o jornal Mirror.

"Você não demonstrou nenhum remorso por seu comportamento terrível. Você é mais do que uma praga, você é potencialmente um indivíduo predatório incapaz de parar de se comportar de forma inadequada com as mulheres mais jovens", declarou o juiz.

Publicidade

Durante o julgamento, o tribunal ouviu algumas das acusações mais bizarras desse homem, que aos 50 anos teria falado coisas incríveis, como dizer a uma mulher que seu "bumbum parece bom", perguntar o tamanho de sutiã a uma outra mulher, ou até perguntar a desconhecidas se queriam "fazer sexo" com ele.

A defesa considerou que seus delitos não eram muito graves, e que não seriam merecedores de pena de cadeia. Seu comportamento inadequado deveria ser melhorado, na opinião do seu advogado, que acabou aceitando a sentença.

Se Hill voltar a se aproximando de qualquer mulher, ele poderá mesmo ser detido. #Justiça