Christopher Zeischegg, de 31 anos, trabalhava como estrela de filme pornô. Porém, ele teve que fazer uma retirada bem mais cedo do que estaria esperando, por causa de uma medicação do tipo do #viagra, que ele tomava durante o seu trabalho. Por culpa de uma ereção que durou por doze horas, ele acabou no hospital. Mais conhecido como Danny Wylde no cinema, ele acabou viciado na medicação e teve que parar de fazer filme, aos 31 anos, por aconselhamento médico, dizendo que ele poderia virar impotente.

Danny Wilde protagonizou 600 cenas em dez anos de carreira, no pornô, mas revelou que terminou sua carreira pornográfica por conselho médico.

Publicidade
Publicidade

Ele disse que não tem um vício físico, mas sim um vício psicológico pela Cialis, uma droga para tratar a disfunção erétil, e que lhe permitia ter ereções mais prolongadas.

Nos casos mais graves de tomar essa droga, que seria parecida com o viagra, mas ainda mais potente, ele confirmou que acabou três vezes no hospital com priapismo, ou ereção prolongada, por estar dependente da medicação de disfunção erétil.

O problema estaria na dose que ele estava tomando. Com o passar dos anos, ele estaria tomando cada vez mais e cada vez suas ereções demoravam mais, mas também ele estava se tornando cada vez mais dependente da medicação. Após a retirada da pornografia, ele acabou admitindo que chegou a tomar quatro vezes mais do que a quantidade recomendada, não admirando que durasse tantas horas em atividade seguida.

Publicidade

O ator pornô admite alguma ganância, para fazer mais cenas. Ele diz que originalmente ganhou o equivalente a mil reais por cena, subiu para até dois mil reais por cena, antes de assinar um contrato de treze mil reais por mês, por seis dias de trabalho.

Quando mais dinheiro ele ganhava, mais ficava ansioso e com medo de falhar, se não tomasse as pílulas durante alguns dias, o que ele chama de ansiedade de desempenho. "Eu ainda tinha vinte e poucos anos", disse ele, em declarações no jornal The Independent.

Após três visitas no hospital, foi uma ereção de doze horas que levou o médico a aconselhar Christopher, falando para ele largar essa droga, que o iria deixar impotente sexual, a longo prazo. Viciado nesse estimulante, ele resolveu pensar na sua saúde e colocar um ponto final na sua carreira. #sexo #porno