A idade vai passando, mas a libido muitas vezes continua. No entanto, mal controlada, ela pode causar sérios problemas. Que o diga um senhor idoso, de 60 anos, da cidade de Hanzhong, na China. No último domingo (26), o aposentado decidiu inserir o seu pênis onde não devia, em uma espécie de anel de aço.

Para salvar o órgão genital, os médicos de um hospital local tiveram muito trabalho. O idoso não tinha mais como conviver com o anel que colocou em seu órgão. De acordo com informações do portal de notícias da RedeTV!, o paciente, que não teve o nome identificado, já não estava nem mesmo conseguindo urinar no banheiro.

O portal de notícias ainda divulgou uma foto da operação para tirar o anel que estava preso.

Publicidade
Publicidade

A imagem mostra uma espécie de serra elétrica, utilizada para conseguir romper o aço do anel, que estava preso no local indevido. Segundo a imprensa chinesa, alguns parentes do homem, ao serem entrevistados, contaram que o idoso tem problemas psicológicos e, por isso, a situação foi piorando.

O idoso, envergonhado, não contava o que tinha acontecido com ele, até chegar ao ponto de não ter outra situação, a não ser o procedimento cirúrgico. A cirurgia foi necessária porque o pênis do idoso foi inchando cada vez mais e corria o risco, inclusive, de precisar ser amputado, caso a demora no procedimento acontecesse.

A família, no dia seguinte que soube da informação do anel preso no órgão sexual do aposentado, decidiu levá-lo ao médico. No local, ele precisou ser anestesiado. O portal da RedeTV! conta que a serra elétrica utilizada na cirurgia é um equipamento industrial de uso dos bombeiros.

Publicidade

O homem precisou ficar em uma maca dormindo, enquanto o profissional fazia o procedimento com todo o cuidado.

Segundo o urologista Zhang Gang, do Shaanxi's Hanzhong People's Hospital, onde o idoso foi atendido, caso a cirurgia não fosse realizada, o homem poderia mesmo perder o órgão genital. A cirurgia durou pouco mais de uma hora e, devido à curiosidade em torno do assunto, acabou sendo filmada por alguns funcionários. #Crime