Na manhã desta última segunda-feira (06), começou o julgamento do atleta de MMA Jonathan Paul Koppenhaver, de 35 anos, em Las Vegas, nos Estados Unidos. Ele está sendo acusado de ter espancado a então namorada Christy Marck, de 26 anos, em 2014. Somente agora os detalhes da agressão, que chocaram a imprensa e todas as pessoas ao entorno de Christy, estão vindo à tona.

Na época a motivação para bater na mulher até quase a morte, seria uma traição dela com o então companheiro de octógono e também atleta da luta Corey Thomas, de 41 anos. Jonathan, que é conhecido no mundo do MMA como ‘War Machine’ teria chegado em casa e flagrado a ex-companheira com o amigo.

Publicidade
Publicidade

Na ocasião o lutador teria espancando a mulher com a intenção de matá-la, assim como também agrediu duramente o homem com o qual ela estava na cama.

O caso teve grande repercussão nos Estados Unidos, por ser esse um esporte bastante famoso e pelos homens envolvidos serem também muito conhecidos. Christy é atriz de filmes adultos coisa que o ex-companheiro sabia, e o lutador já tinha visibilidade no mundo da luta. Várias imagens foram feitas com a jovem já internada e a extensão dos ferimentos impressiona. Ela apresentava lesões no rosto, teve o nariz quebrado e um corte profundo nos lábios, além disso, ficou com costelas quebradas, teve escoriações sérias nos braços e nas costas. Apesar da gravidade em que deixou a ex-namorada, Jonathan se disse inocente, ontem, diante do júri.

O atleta está respondendo por trinta e cinco acusações, dentre as quais a de violência sexual, tentativa de homicídio, sequestro, cárcere privado, e violência contra a mulher.

Publicidade

Algumas delas dizem respeito à agressão feita ao também lutador Corey. Depois do espancamento a jovem teve que ficar inúmeras semanas internada e ficou com o rosto irreconhecível depois dos ferimentos.

As agressões terríveis duraram por cerca de duas horas e meia, e o lutador chegou a deixar claro para a namorada que iria tirar a sua vida. Depois de cometer o #Crime Jonathan fugiu do local e desapareceu por uma semana, até que os investigadores conseguiram localizá-lo. O caso teve repercussão em toda imprensa, as notícias eram de surpresa pelas agressões terem acontecido. O processo de julgamento ainda durará algumas semanas, e somente depois delas será determinada a pena, mas diante de tantas acusações o lutador deverá passar o resto de sua vida na cadeia.

#Casos de polícia