Um incidente incrível está deixando as pessoas chocadas. Aconteceu na Inglaterra, depois de uma #mãe acordar o seu filho para ele ir na faculdade. Enfurecido por isso, ele reagiu com violência, dando uma surra na sua mãe, de forma incrível. A mulher fugiu para a rua, enquanto o rapaz, Kieran McNally, de 18 anos a perseguia, em um ataque brutal. O jovem foi agora condenado a 18 meses de cadeia, e a mãe ficou com vários ferimentos.

Na rua, testemunhas a escutaram pedindo, "por misericórdia, para ele parar seu ataque. De nada lhe valeu, e ela acabou se salvando, quando entrou no carro de um desconhecido, fugindo do próprio filho.

Publicidade
Publicidade

A mulher ficou com ferimentos no rosto, mão e braço.

Descrição do crime choca tribunal

No tribunal de Paisley Sherrif Court, o advogado Frank Clark contou como o jovem Kieran correu atrás da mãe, pela rua, antes de atacá-la, por trás, com socos, enquanto ela implorava por misericórdia: "Sua mãe tinha tentado acordá-lo para atender à faculdade. Ela não teve êxito". Se apercebendo que o rapaz estava descontrolado e gritando cada vez mais alto, na sua direção, ela correu de casa para a rua.

Foi nesse momento que ela sentiu ele puxando o capuz de sua jaqueta para trás, fazendo ela cair no chão, e começando dando socos nela. Um motorista, que estava passando, ficou horrorizado com essa cena e foi ele quem acabou salvando a vida dessa mulher. Ela entrou no seu carro e o homem chamou logo a polícia.

Publicidade

A mulher foi levada para o hospital.

No hospital, ela foi tratada por inchaço e hematomas no rosto, um corte na mão esquerda e hematomas e inchaço em seu braço esquerdo, de acordo com o advogado Clark.

No tribunal, ficou ainda revelado que o rapaz também já tinha demonstrado seu comportamento mais violento com o pai, falando que ou ele o deixava em paz, ou ele pegava fogo na casa. Kieran já tinha cumprido pequenas detenções, por delitos violentos, também sobre sua família. No entanto, ele voltava sempre para casa, procurando o conflito.

No tribunal, ele ainda foi colocado em liberdade condicional, sendo obrigado a não se aproximar da rua de seus pais. Rapidamente, ele infringiu essa regra e o juiz não teve outra chance, do que prendê-lo. Nem o seu advogado conseguiu argumentar em sua defesa: "Não há muito que eu possa dizer". Kieran pegou 18 meses de cadeia. #Educação #Justiça