Uma postagem no Facebook sobre os vizinhos que não deixam os moradores do prédio dormir por causa do #Barulho muito alto na hora do sexo viralizou nas redes sociais. Toni Jeffery, moradora de Tonbridge, na Inglaterra, relatou também que até o filho de 2 anos foi acordado com os gritos dos vizinhos.

Publicidade

Após acordar todos os moradores do apartamento, a mulher ainda contou que foi questionada pelo filho sobre o que estava acontecendo. Ela afirmou que ficou constrangida por não saber explicar o barulho a ele, que vinha em direção da área Douglas Road.

Na publicação, ela diz dormia com as janelas abertas devido ao calor.

Publicidade

Por isso, o barulho entrava com mais facilidade no quarto da criança. "Tentar explicar para uma criança de 2 anos, na madrugada, o porquê a senhora está fazendo "barulhos estranhos" não é uma das tarefas mais fáceis", escreveu.

Por conta desse desabafo, a postagem foi compartilhado por centenas de internautas, além de portais de notícias. A publicação também provocou muitos comentários, inclusive de gente que achou engraçado. Algumas pessoas ainda abriram disputa nos comentários para saber quem fazia mais barulho na região durante o ato sexual.

Toni também rebateu os comentários. Ela contou que, se o barulho estivesse entrando pela janela da maioria que comentou, as pessoas não iriam gostar. A mulher disse que só pediu para o casal barulhento ficar atento, assim como fazem a maioria das pessoas.

Casal preso por causa do barulho no sexo

Um casal italiano foi preso por fazer #sexo muito barulhento e incomodando os vizinhos.

Publicidade

Caroline Cartwright, de 53 anos, e seu marido Steve Cartwright, 38, também foram multados em mais de R$ 29 mil. Eles, inclusive, tiveram que se mudar por serem denunciados várias vezes pelos moradores.

Os italianos detidos, segundo a Justiça do país, foram acusados de promover uma grande poluição sonora e assédio sexual por onde moravam. As autoridades também consideraram as sessões abusivas por causa do sexo 'estridente' no apartamento na cidade de San Martino, nos Estados Unidos. #Filhos