Uma mulher foi sequestrada e brutalmente estuprada, no interior de um carro. A mulher foi levada, quando estava com o seu bebê, em Redcar, Teesside, no Reino Unido. O crime aconteceu na última sexta-feira, dia 3 de março, e a polícia está procurando pelos suspeitos. Um deles tinha uma tatuagem, nos nós de seus dedos, com a palavra 'Love' que, em português significa 'Amor', e essa poderia ser uma das poucas pistas da polícia de Cleveland, que está procurando por dois homens.

#mãe e filho têm suas identidades por revelar, por motivos legais, após um ataque brutal, que teria durado por cinco horas, de acordo com o jornal Mirror.

Publicidade
Publicidade

Tudo teria acontecido, quando dois homens sequestraram a vítima, que estava passeando junto com o filho perto do mar, antes da hora de almoço. Os homens forçaram a mulher, que teria por volta dos 30 anos, e o menino a entrarem na parte de trás do carro, e os levaram para um outro local, em direção a Redcar, onde o #Estupro foi consumado.

A mãe e a criança foram finalmente liberadas, no final da tarde, entre as cinco e as seis horas da tarde, quando foram forçados a sair do carro, no meio da rua. A mulher correu com o filho pela estrada, em direção à área arborizada. Entretanto, a mulher apresentou queixa na polícia, que está procurando por dois suspeitos, do sexo masculino, e ambos com "vinte e poucos anos", no máximo um deles poderia ter 30 anos de idade.

Um deles teria a referida tatuagem, e o outro teria um "sotaque local", de acordo com a descrição.

Publicidade

São essas as principais pistas e a polícia continua investigando o caso, na esperança de chamar os dois criminosos à justiça. "Este foi um ataque muito traumático para a vítima e seu filho. Felizmente, incidentes desta natureza são raros e este é um incidente isolado. Há uma equipe de detetives trabalhando nesta investigação e aumentamos as patrulhas na área local", referiu o detetive Matt Murphy-King, que está liderando as buscas.

Apesar de estarem patrulhando bem o local, os policiais sabem que eles chamam mais atenção e, também por essa razão, eles estão apelando para a população local, tentando encontrar alguma testemunha, que possam ter visto alguma coisa mais suspeita, nessa sexta-feira. #Casos de polícia