Acusadas de ferir a ética da profissão, duas médicas ainda em estágio de residência foram demitidas após postar em uma rede social uma selfie com um pé logo após um procedimento de amputação.

Por causa da atitude, elas também estão enfrentam um processo. A foto foi no local de trabalho delas, um hospital no México. Uma das profissionais segura e mostra em primeiro plano o pé amputado. Ambas estão rindo.

Uma das médicas que aparece na foto é Carolina Dominguez Garcia, de 24 anos de idade. Foi ela quem postou a selfie em seu perfil pessoal no Twitter, avisando ao pai que era a primeira perna amputada de sua carreira. E ainda faz um comentário irônico, se desculpando se a imagem o incomodar.

Publicidade
Publicidade

Não deu outra. A foto viralizou e chegou até a chefia da Segurança Social do hospital, que fica na cidade mexicana de Monterrey. Os chefes da dupla não só exigiram que as duas meninas retirassem a foto da internet, como anunciaram que estavam demitidas e que a empresa irá até os tribunais para processar ambas.

À imprensa local, o responsável pelo Instituto de Segurança Social do México, Mikel Arriola, sisse que os processos de demissão já foram oficializados. E fez questão de não generalizar o comportamento inadequado como sendo uma regra entre os recém-formados.

“Não deixaremos de reconhecer o papel importante das demais residentes têm para nós”.

Há informações, não confirmadas, de que além de um membro inferior amputado, Carolina também teria divulgado uma selfie com uma parte de um estômago.

Publicidade

Nem o hospital e nem a imprensa mexicana esclareceram até o momento de qual corpo os órgãos foram retirados e se a família do paciente ficou sabendo dos fatos. Já os parentes das duas médicas anunciaram que contrataram advogados e que os mesmos também ingressaram com ações legais para defendê-las. Eles acreditam que elas foram alvos de assédio moral e pedirão na Justiça uma indenização.

Os curiosos que quiserem ter acesso à postagem não conseguirão, pois a conta de Carolina no Twitter foi removida.

#Polêmica