Um homem morreu durante ato sexual com uma garota de programa na quinta-feira (8), na cidade de Anara, uma cidade satélite na área de governo local de Isiala Mbano, no estado de Imo, na Nigéria. O homem foi identificado como Lambert Osigwe, que era um famoso médico na cidade onde morava. A garota de programa foi identificada como Onyinye Nwosu.

Segundo informações de testemunhas, o médico morreu dentro do motel enquanto mantinha relações sexuais com a mulher. Ainda, de acordo com as testemunhas, a vítima era um velho cliente da mulher e ela não havia cobrado nada pelo programa.

"Onyinye Nwosu é uma garota de programa que faz do seu comércio um bordel local, o Sr.

Publicidade
Publicidade

Lambert foi um de seus bons clientes. Na maioria das vezes e por razões desconhecidas, ele vinha apenas comprar preservativos. Neste dia fatídico, ele só veio fazer uma visita porque, segundo ele, ele não tinha dinheiro. Mas Onyinye ainda lhe ofereceu o serviço sexual gratuito. O homem começou a ter relações sexuais, mas não conseguiu terminar, quando, de repente, começou a tremer e sacudir, e acabou morrendo em cima da garota de programa", disse uma testemunha que preferiu ficar em anonimato.

Segundo informações de mídia local, de acordo com a administração do bordel, a garota tinha usado algum tipo de feitiçaria contra a vítima. Diante da situação, a polícia foi acionada. Em seguida, a garota foi presa e encaminhada para uma delegacia da cidade. O corpo da vítima foi recolhido e encaminhado para o órgão específico para o caso.

Publicidade

Conforme informações de mídia local, a vítima era residente da cidade de Umuezeala-Ama, e atendia os seus clientes em sua residência. Segundo informações, as pessoas a procuravam para consultas místicas. Ainda de acordo com mídia local, após a morte do médico, com medo, todas as outras garotas de programas teriam fugido do bordel. De acordo com o portal de notícias “Punch”, os principais clientes do médico eram fraudadores de internet, conhecidos popularmente na localidade como 'yahoo yahoo'. As autoridades locais estão investigando o caso. #sexo #Investigação Criminal #Casos de polícia