O Brasil não ficou alheio ao terrível atentado ocorrido na tarde desta quarta-feira em #londres, quando um homem atropelou pedestres perto do parlamento britânico e esfaqueou um policial, gerando cinco mortes - dentre elas a sua própria. #Michel Temer, presidente da República, enviou mensagem à Theresa May, primeira-ministra da Inglaterra.

Como de costume em casos desta natureza, Temer usou a sua conta no Twitter para se manifestar. Na rede social, ele confirmou que havia mandado uma mensagem à primeira-ministra e sublinhava o apoio do Brasil neste doloroso momento.

"Manifestei hoje à primeira-ministra Theresa May e a todo povo britânico os meus sentimentos e todos os brasileiros quanto ao triste atentado ocorrido em Londres.

Publicidade
Publicidade

Os pensamentos neste momento se voltam especialmente aos familiares das vítimas", escreveu Temer.

Embora ainda sem reivindicação oficial de algum grupo terrorista - habitual nesses casos -, as autoridades britânicas trabalham com a possibilidade de terrorismo. Policiais acreditam que o atacante, que não teve a identidade revelada até o fechamento desta edição, se inspirou no "#Terrorismo internacional".

"O Brasil está associado ao Reino Unido e a quem compartilha a força da democracia. Somos contra o extremismo violento", acrescentou o presidente brasileiro.