Uma fatalidade atingiu o mundo da #Moda nos Estados Unidos. Fredzania Thompson, uma modelo de apenas dezenove anos de idade, fazia um ensaio fotográfico ao ar livre. A proposta da sessão de fotos era ter uma paisagem natural ao fundo das fotografias.

O problema é que o local escolhido foi justamente uma linha férrea. Enquanto posava, um trem de carga se aproximou e Fredzania Thompson não conseguiu correr a tempo, sendo atingida mortalmente. Ela ficou presa nos trilhos.

O #Acidente aconteceu pouco depois de descobrir que estava grávida de quatro semanas. Além disso, ela comemoraria 20 anos, no próximo dia 20 de março. Logo após o acidente, a polícia interditou a linha férrea para a retirada dos restos mortais da modelo e a realização de uma perícia.

Publicidade
Publicidade

Hakamie Stevenson, a mãe da vítima, lamentou o ocorrido e disse que sua filha sempre sonhou em ser uma modelo profissional. O noivo de Fredzania também ficou arrasado com a morte prematura da moça e do filho, que os dois aguardavam com alegria.

A polícia ainda investiga se a velocidade do trem estava acima do permitido na hora do acidente, devido a rapidez com que tudo aconteceu. Acredita-se que a composição estava em alta velocidade, pois nem mesmo emitiu um som de alerta ao se aproximar.

Outros casos de mortes envolvendo trens

Infelizmente, casos desse tipo ocorrem com certa frequência em todo o mundo. Há pouco mais de um ano, uma adolescente morreu enquanto caminhava pelos trilhos, com seus fones de ouvido, enquanto ouvia músicas de sua banda favorita: o One Direction. Ela voltava da escola quando foi atingida pelo trem.

Publicidade

Outro caso de destaque, foi de uma jovem de 18 anos de idade, da Romênia, que subiu na parte mais alta da estação de trem, para tirar uma selfie. Na hora de tirar a foto, sua perna enroscou em um fio de alta tensão e ela morreu eletrocutada com uma carga elétrica de mais de 27 mil volts. Ela foi levada para o hospital com metade do corpo queimado, mas não resistiu.

Deixe a sua opinião sobre esses casos, através de um comentário. #Tragédia