Casada e mãe, Brooke Lajiness, de 38 anos, de Lima Township (Michigan) confessou às autoridades ter mantido relações sexuais com um garoto de 14 anos no banco de trás do carro. Ela também afirma que enviou vários nudes ao garoto durante o caso amoroso, durante o qual tiveram sexo cerca de 8 a 15 vezes.

Hoje (20), o jornal New York Post publicou que Brooke tem o apoio do marido.

Donald Pasternak, da Polícia de Michigan, disse que ambos começaram o caso trocando nudes enquanto ele ainda estava na escola básica e mantiveram o caso durante sua transição para a escola secundária.

Pasternak contou também que a mãe do garoto foi até a Delegacia de Polícia de Michigan, semanas antes, para dar parte de Brooke Lajiness, por estar tendo sexo com seu filho.

Publicidade
Publicidade

Este caso implica que a acusada estava perseguindo menores para sexo”, é o que diz o assistente da promotoria John Vella.

O advogado de Brooke, David Goldenstein, afirma que o que está em julgamento é o caso de apenas uma vítima, a do garoto de 14 anos. Que outros eventuais casos que ela venha a ter tido não estão em julgamento. Brooke responde por 13 acusações, dentre elas, assediar um menor com intenções imorais e fornecer obscenidades para uma criança.

“Vella fica falando de “menores”, mas há apenas um.”, fala Goldstein.

Entretanto, na semana passada, as autoridades tomaram conhecimento de possíveis vítimas adicionais.

Lajiness está em liberdade após pagar uma fiança de 50 mil dólares e apareceu em vários locais, na semana passada, acompanhada do marido.

De acordo com seu perfil no Facebook, ela era uma esteticista em um salão de beleza em Monroe e estudou na UNLV (Universidade de Nevada Las Vegas).

Publicidade

“Na vida nada é garantido”, Brooke Lajiness escreveu em uma postagem no mês passado Sobre ela e seu marido. “Então, encontrar alguém que sabe de todas as suas falhas, fraquezas e erros e ainda acha você maravilhosa é algo para agradecer eternamente”.

Lajiness tem tido o apoio de alguns amigos do Facebook.

Vamos aguardar a investigação de mais meninos que possam ter mantido relações sexuais com ela e a apuração e finalização do caso. #Abuso Sexual #Pedofilia