Nos Estados Unidos, há muitos casos envolvendo abusos sexuais e professores. O mais recente foi divulgado nesta segunda-feira, 27, pelo portal de notícias R7. De acordo com a coluna 'Hora 7', uma professora casada do Nebraska está sendo acusada de levar seu aluno para fazer sexo em um motel. O rapaz é menor de idade, o que pelas leis do estado que fica na Região Central dos Estados Unidos é visto como #Crime. A acusada de estuprar o próprio aluno é Emily Lofing. Ela dava aulas de inglês na Nebraska City Middle School. A linda professora e o aluno viviam um tórrido romance, que chegou ao ponto dela convidá-lo para fazer sexo.

A professora de inglês não contava que a mãe do menino descobrisse tudo.

Publicidade
Publicidade

Percebendo que o filho estava perdendo sua "inocência", ela decidiu denunciar a profissional da educação. A mãe do garoto foi até à polícia americana e contou tudo o que sabia. A partir daí, segundo o R7, a vida da professora começou a ruir. O marido dela não quis mais saber de papo e terminou o relacionamento. A escola onde ela trabalhava agiu forte e a demitiu. Além de tudo isso, ela ficou sem o romance com quem tanto amava (o garotinho) e deve agora ter que ficar bastante tempo pensando sobre o que fez na cadeia.

De acordo com a polícia, Emily chamou seu estudante para um encontro íntimo após a aula. Os dois foram para um motel, onde o ato sexual ocorreu. No entanto, segundo a professora, tudo isso é perseguição e ela nem teria chamado o aluno para dar o tal passeio erótico. A mãe do menino foi mais esperta.

Publicidade

Antes de fazer uma denúncia à polícia, ela uniu provas. A mãe deu prints em conversas em aplicativos de celular, como no WhatsApp. Ela também encontrou um áudio do filho maravilhado com a tarde de prazer entre os dois. Também tinham muitas fotos íntimas da professora e do filho no bate-papo.

Agora a americana está à espera de um julgamento, coisa que não tem previsão para acontecer. Na sua opinião, a docente deve mesmo pagar na prisão pelo ato sexual com seu aluno querido? Deixe seu comentário. Ele é sempre importante e ajuda no diálogo.