Um tigre acabou tendo um destino cruel. Ele foi morto esmagado no Distrito de Nainital, na Índia. A fera, segundo informações do jornal carioca 'O Globo', teria atacado duas pessoas e as devorado. Os mortos foram uma mulher e o sogro dela. O ataque aconteceu nas imediações de uma obra. Irritados, os operários decidiram tomar uma atitude. Eles pegaram uma retroescavadeira e foram matar o tigre. A cena dantesca, digna de um filme de terror, ocorreu no Parque Nacional Jim Corbett. Além do jornal 'O Globo', o ataque do tigre na Índia também foi noticiado pelo tabloide inglês Metro.

Antes de matar o tigre, os operários tiveram cuidado, a fim de não serem atacados, assim como as vítimas devoradas.

Publicidade
Publicidade

Enquanto um funcionário usava a retroescavadeira, outros homens cercavam o felino. O piloto da retroescavadeira foi incentivado por vários homens que foram ao local acompanhar a caçada ao tigre, com gritos de "Esmaga, esmaga!". O #Vídeo com a morte do tigre acabou gerando muita repercussão em todo o mundo. Algumas pessoas lembraram que o parque florestal é a casa natural do animal e que as pessoas é que invadiram o local. Outras reclamaram da forma como o assassino de humanos acabou sendo morto.

No entanto, os operários informaram que já tinham atingido o animal com um dardo tranquilizante e um remédio para matá-lo, mas queriam ter certeza absoluta que ele realmente faleceria. O medo deles é que o felino abrisse os olhos e fizesse novas vítimas. Como já estava alimentado, o bicho estava mais tranquilo e a morte dele foi registrada em imagens fortes.

Publicidade

Os operários estavam na mata recolhendo fogos de artifício, quando ficaram sabendo da história. O tigre teve ferimentos letais na espinha.

Veja abaixo o vídeo que mostra o animal sendo agredido até a morte por ter devorado duas vítimas. Na sua opinião, os operários fizeram bem em esmagar o bichano até a morte, evitando que ele pudesse repetir a mesma ação no futuro? Deixe seu comentário. A sua opinião é sempre muito importante para todos nós e ajuda no diálogo de temas relevantes para a sociedade.

#Animais