Traições são muito comuns no Brasil e no mundo. Tanto é que alguns barracos terminam de maneira violenta. No entanto, uma ação que ocorreu nos Estados Unidos tem chamado a atenção pela maneira violenta em que tudo foi ocorrendo. Uma mulher americana descobriu que o seu namorado era infiel e que estava com outra. Ela então decidiu tirar satisfações, mas tudo acabou mal, com a traída sendo atropelada pela amante dele. A ação foi filmada por um morador do estado do Tennessee, onde o barraco foi armado. Ele filma muito bem a briga entre os três e se espanta com o que vai acontecendo nas imagens. É o que afirma uma reportagem publicada nesta segunda-feira, 27, pelo portal de notícias R7, que não chegou a disponibilizar o vídeo da situação.

Publicidade
Publicidade

A americana começa o vídeo indo atrás do namorado, que está em um estacionamento. Ela decide então atirar tudo o que tinha perto dela em cima dele. Uma cena digna de filmes de comédia. Muito irritada, ela ainda destrói o carro onde a amante do namorado estava. A traída apenas não poderia imaginar que a amante não é o tipo de mulher que leva desafora para casa. Além de ficar com o homem da vítima, a "outra" deu marcha ré com seu veículo, atropelando a americana, que além de ser traída e ficar machucada, teve o seu drama exposto na internet e no noticiário do mundo inteiro, que se pergunta se ela merecia realmente tudo isso.

A amante pisou no acelerador e o carro passou por cima da traída. Ela sobreviveu, mas teve o pé teria ficado muito machucado. A sequência impagável foi flagrada com um celular.

Publicidade

Segundo os jornais locais, a traída fraturou o tornozelo no atropelamento. O portal de notícias R7, que divulgou o caso no Brasil, afirmou que não tem informações sobre se a traída e o seu namorado infiel reataram o relacionamento depois desse momento tão complicado. A maioria das pessoas, que usou as redes sociais, torce para que não, até para sobrevivência de ambos.

E você, o que achou desse barraco americano? Deixe o seu comentário. A sua opinião é sempre importante e ajuda no diálogo de temas relevantes para a sociedade. #Crime