A Movistar+ (Movistar Plus), uma plataforma de televisão por assinatura espanhola, acabou cometendo um erro que não poderia ter deixado de chamar a atenção dos telespectadores e receber cobertura por veículos de imprensa de todo o planeta. No sábado (25), no horário do programa esportivo El Club de La Fórmula 1, dedicado, como o nome diz, à Fórmula Um, imagens de um filme adulto foram exibidas por um período de tempo de entre 30 segundos e 1 minuto.

A empresa confirmou o constrangedor incidente e sua explicação oficial foi que houve uma falha de comunicação entre canais da plataforma. Assim, o conteúdo adulto que estava sendo exibido em um dos canais adultos acabou por se sobrepor brevemente ao conteúdo sendo exibido no canal em que se deu a trapalhada.

Publicidade
Publicidade

Mesmo entendendo que não foi proposital, alguns telespectadores reclamaram que o problema se deu no começo de uma noite de sábado e de surpresa, quando provavelmente havia crianças e jovens assistindo à inocente atração esportiva e pegando os pais desprevenidos. Este tipo de falha técnica, embora não muito comum, não é certamente sem precedentes, mas o caso acabou por se tornar mais memorável - e, claro, preocupante também - por ter envolvido a veiculação, ainda que acidental e, portanto, não-intencional de conteúdo adulto.

Mas isto não é necessariamente inédito. Espalhou-se no final de novembro passado, a rede CNN, famoso canal de notícias por assinatura dos Estados Unidos, transmitiu por cerca de meia hora na região da cidade Boston, cidade e capital do estado americano de Massachusetts, um filme adulto envolvendo transexuais.

Publicidade

A emissora, depois de consultar sua operadora de cabo na região, negou que isto tenha mesmo ocorrido. A operadora, por sua vez, disse que, embora a história tenha sido amplamente difundida pela imprensa, a única evidência que se encontrou foi um Twitter de um usuário do serviço da empresa, cuja conta foi checada e está em perfeita ordem.

Há razões, enfim, para acreditar que tudo não tenha passado de um boato no caso americano e talvez nunca venha a se saber com certeza. Mas, o que aconteceu com a emissora espanhol foi confirmado. #sexo