Por volta de 11h desta quarta-feira (22), horário brasileiro, um atentado em frente ao Parlamento deixou os londrinos assustados diante de um possível ato terrorista. A confusão aconteceu por volta de 14:30h do horário local, e a polícia ainda não sabe precisar quantos feridos precisam de atendimento. Segundo informações pelo menos dez pessoas foram baleadas e aguardavam socorro médico.

Ao que tudo indica um homem disparou contra populares que passavam nos arredores do edifício. A maioria dos feridos ficou estendida sobre a Ponte de Westminster em busca de atendimento. Segundo os policiais que isolaram a área ainda não é possível dizer com certeza que se tratou de um ato terrorista, mas a princípio a situação será tratada como tal, para que todas as medidas de segurança sejam cumpridas.

Publicidade
Publicidade

O tumulto aconteceu logo após uma reunião dentro do Parlamento, na qual a primeira-ministra Theresa May respondia perguntas de cidadãos.

Segundo informações da imprensa britânica a ministra teve que sair do prédio às pressas através de um túnel que tem a finalidade de evacuar o edifício o mais rapidamente e colocar o alto escalão em segurança. O tiroteio trouxe medo e insegurança às pessoas, houve um tumulto na área e muita gritaria. As informações ainda são muito imprecisas, mas algumas fontes disseram que um homem, suspeito de ter efetuado os disparos foi baleado pela polícia. O presidente da Câmara dos Comuns, David Lidington confirmou que o suspeito havia sido baleado pelos agentes que compareceram rapidamente para tentar controlar o tumulto.

Assista às cenas impressionantes do momento de desespero enfrentado pelas pessoas:

A polícia ainda trabalha para socorrer todas as pessoas feridas.

Publicidade

A área foi isolada e o Parlamento fechado até que os investigadores consigam entender o que aconteceu. Alguns parlamentares ficaram presos no interior do edifício como medida de segurança, e ainda aguardam respaldo dos agentes. As imagens feitas são impressionantes e mostram vários pedestres debruçados sobre os feridos tentando prestar algum tipo de ajuda. A situação ainda é delicada e os policiais trabalham para tentar restabelecer o controle.

#Crime #Casos de polícia