Um vídeo dramático mostra o exato momento do #Resgate de um bebê que foi enterrado vivo. O caso aconteceu na Índia. De acordo com informações, o recém-nascido, do sexo feminino, foi salvo por um milagre, depois que aldeões de uma aldeia do distrito de Jajpur, no estado de Odisha, passavam por um buraco raso de areia e notaram os pés da criança se mexendo. Imediatamente, eles desenterraram a criança e chamaram pelo socorro médico. Segundo as autoridades locais, o bebê ainda estava com o cordão umbilical e teria aproximadamente seis horas de vida.

Segundo a equipe médica que tratou da menina, seu estado de saúde é considerado estável e os sinais vitais estão normalizados.

Publicidade
Publicidade

A recém-nascida pesa pouco mais de 2,5 quilos e foi batizada de Dharitri, que significa "Terra" em sânscrito. "No momento do resgate, seu corpo ainda estava coberto por vérnix caseoso, uma substância que protege a pele dos recém-nascidos", afirmou um dos médicos que participou da ação.

Veja abaixo o vídeo do resgate:

Assim que terminar o tratamento e se recuperar, Dharitri deve ser entregue a um comitê especial do estado de deverá decidir o seu destino. Segundo autoridades locais, o crime pode estar relacionado ao sexo da criança. Os índices de infanticídio feminino na Índia são alarmantes.

A polícia também não destaca a hipótese de que a mãe da criança seja solteira, fato esse que costuma gerar muito preconceito contra as mulheres na sociedade indiana. As autoridades destacam que buscam informações que levem aos pais da recém-nascida e dizem que não há dúvidas de que a intenção dos suspeitos era de matar o bebê.

Publicidade

Recentemente, outro caso brutal de crime contra #Bebês recém-nascidos do sexo feminino chocou o país asiático, quando autoridades locais descobriram os restos mortais de 19 fetos, todos meninas, em uma rede de esgoto de um município do estado de Maharashtra. A polícia acusou um médico da região de realizar os abortos de forma criminosa dos bebês depois de ser procurado por pais desesperados porque queriam o nascimento de um menino. #Vídeo