Foi há quase 10 anos que Maddie McCann desapareceu em Portugal, na Praia da Luz, mas o caso ainda está longe de ser resolvido e continua dando o que falar. Dessa vez, foi a antiga babá da criança que decidiu se pronunciar, pela primeira vez, a um jornal inglês e com revelações que, embora não sejam chocantes, surpreenderam muita gente.

A babá decidiu não se identificar, mas garantiu que foi responsável por cuidar de Madeleine McCann várias vezes. A mulher estava na Praia da Luz no dia em que a menina desapareceu e, desde aquele dia em 2007, optou sempre por não falar à imprensa portuguesa.

Nesta segunda-feira (17), a babá testemunhou a sua experiência ao jornal inglês Daily Mail.

Publicidade
Publicidade

Ela afirmou que Gerry McCann, o pai da criança, assim que soube que a sua filha tinha desaparecido, ficou desesperado e começou a procurar a menina por toda a parte, inclusive debaixo dos carros que se encontravam estacionados ao lado da casa.

Sobre a mãe, a mulher também testemunhou palavras elogiosas. Ela contou que Kate entrou em um estado catatônico e que não parava de chorar e gritar em desespero por Maddie. A babá afirmou ao Daily Mail que continua sendo muito difícil para ela se esquecer de toda aquela situação.

Ao falar sobre a atuação dos policiais, a antiga babá fez algumas críticas pesadas. A mulher acusou as autoridades portuguesas de terem demorado muito tempo a chegar ao local. Segundo ela, os primeiros policiais levaram cerca de 1 hora e meia para chegarem ao Ocean Club depois dos pais, que estavam em pânico, terem comunicado o desaparecimento de Maddie McCann.

Publicidade

A babá deu ainda a sua opinião sobre o Ocean Club, o empreendimento turístico na Praia da Luz de onde desapareceu a criança. Segundo a mulher, aquele não era um local seguro. Tinha pouca vigilância e permitia o fácil acesso de qualquer pessoa ao local.

Essas palavras estão gerando alguma controvérsia em Portugal. A opinião pública do país considera que existiu alguma culpa dos pais de Maddie no seu desaparecimento. No entanto, as palavras da antiga babá parecem contrariar um pouco esse entendimento.

A entrevista da antiga babá de Maddie McCann surge apenas algumas semanas depois da publicação de uma entrevista de Dave Edgar, um detetive que trabalhou para os pais da menina. Ele, que atuou durante três anos no caso, afirmou que acredita que a menina pode estar viva e mantida em cativeiro. Dave Edgar garantiu ainda que entregou à Scotland Yard várias linhas da sua investigação.

O que você acha sobre essas novas declarações? Acredita na inocência dos pais de Maddie McCann? Escreva a sua opinião nos comentários! #MaddieMcCann #CasoMaddieMcCann #Casos de polícia