O transtorno de ansiedade pode ser tratado com medicamentos, terapia, técnicas de meditação e outros métodos. Mas a solução que Leane Lauricella encontrou para aliviar os sintomas de sua #Cabra, que sofre com este mal, deixou o mundo encantado, por se tratar de algo incomum. Surpreendentemente, uma simples fantasia de pato amenizou o sofrimento do animalzinho.

Leane Lauricella é ativista e resgata animais abandonados no estado de Nova Jersey, nos Estados Unidos. Polly, uma cabrinha linda, nasceu com deficiência visual e com um sério transtorno de ansiedade. Devido a esses problemas, a filhote tem muita dificuldade em se alimentar e, em consequência disto, está abaixo do peso.

Publicidade
Publicidade

Leane disse que, ao saber que a bebê cabra ia ser sacrificada devido a sua deficiência, se apressou em conhecê-la. Quando ela olhou para a Polly pela primeira vez, foi amor a primeira vista das duas partes. Então, a ativista logo a adotou e deu-lhe o nome de Polly.

Devido a ansiedade, Polly corria de um lado para o outro na casa desesperadamente e chorava de forma incansável quando sua criadora não estava presente. “Ela tentava achar um canto na parede da casa e começa a comer a parede. Então, todo o canto da casa tem marcas da boca dela”, disse Leane.

Tudo que acontecia era motivo para deixar Polly agitada. Mas, um belo dia, Leane comprou uma #Fantasia de pato e o milagre aconteceu. Todas as vezes que a cabrinha veste a fantasia se acalma e muda o #Comportamento.

"Um dia, sai para fazer compras, vi a fofa fantasia de patinho e tive que comprá-la.

Publicidade

Na primeira vez que a coloquei em Polly, ela simplesmente fechou os olhos e caiu no sono. Ela parecia muito serena. Dois dias depois, coloquei a fantasia de pato novamente e, mais uma vez, ela dormiu. Foi, então, que eu percebi o efeito que a roupa tinha sobre ela", relatou a ativista.

A fantasia tem sido útil no dia-a-dia de Leane. Quando ela necessita de resolver algo na rua e tem de deixar Polly em casa, sempre veste a roupinha na cabra. Um dia, ela foi ao shopping e levou Polly no carrinho fantasiada de pato. Resultado: Polly dormiu no carrinho.

Leane Lauricella conta, ainda, que a cabra ganhou outras fantasias que também a acalmam, mas nenhuma delas causa o mesmo efeito que a de pato. A cuidadora comprou uma fantasia para si mesma de pato igualzinha a da Polly para usarem juntas de vez em quando.

"Me arrependi de não ter não ter comprado a roupa de pato em outros tamanhos", disse Leanne, que espera que Polly cresça com a saúde estabilizada, se tornando assim menos dependente de sua versão pata.