O #Cachorro, #desaparecido há onze anos, foi encontrado mais de 450 kilômetros de distância de onde desapareceu na França.

Publicidade

A proprietária, Nathalie Fournier, recebeu um telefonema na semana passada, de uma mulher que disse ter encontrado o cachorrinho #Topaze, um Bichon Frise, desaparecido. Ele estava num "estado terrível" à beira de uma estrada. A surpresa para Nathalie foi grande.

Publicidade

A princípio, ela achou seu atual cão tivesse desaparecido: 'Você encontrou nosso cachorro, Chanel?', perguntou Nathalie. "Não, o Topaze", respondeu a mulher que havia encontrado.

Lar Doce Lar?

Alguns dias depois, Nathalie e seu marido, Daniel, viajaram de sua casa em Gravelines, na região francesa do norte da Lorraine, a cerca de 450 quilômetros da cidade de Moselle, perto da fronteira com a Alemanha. O casal ainda desconfiava não se tratar de Topaze, seu cãozinho desaparecido. Mas havia um fio de esperança que os moveu até lá.

Ao chegar, uma surpresa negativa, o cão estava em situação deplorável. Ele também parecia não reconhecer mais os donos, dado o tempo de sumiço. "Parece que ela não teve uma vida muito fácil esses anos", disse Daniel, quando trouxe o cão de volta para sua casa em Gravelines.

Já em casa há uma semana, Topaze, que foi resgatado por Daniel, parece ter esquecido sua família. Daniel afirmou que o cachorro não parece reconhecer seus "cheiros, aparência, nem vozes". O cão, agora com 15 anos, foi identificado pelo microchip que usava.

Publicidade

Este recurso, apesar de ajudar na identificação do cachorro, não ajudou na localização do bichinho por mais de uma década.

Daniel diz que não está claro como Topaze acabou tão longe de casa, embora ele acredite que ele tenha sido roubado e, em seguida, levado para o leste do país.

Sumiço de Topaze

O cão macho foi perdido em 2006, quando Daniel e suas filhas estavam se preparando para sair de casa, para uma viagem à vela. Daniel abriu a porta do carro para deixar sua filha entrar e o pequeno 'Bichon Frise' saltou e saiu correndo enquanto usava um colar que tinha a coleira presa. A família, que ficou arrasada com o sumiço do cachorrinho tão querido, passou muitas semanas procurando o bicho. Fizeram postagens, panfletos de casa em casa e colaram cartazes em lojas locais. No entanto, o cão, que era um presente de Natal para suas filhas em 2002, não foi encontrado novamente pela família. Topaze agora está se ambientando à vida em casa, passando tempo com Daniel, Nathalie e Chanel, sua mais nova amiguinha.