Na primeira de muitas entrevistas que os pais de #Maddie têm planejado fazer para os próximos dias, o casal britânico deixou uma promessa muito clara: não vão desistir de procurar a sua filha. Tal como informa o site “VIP”, durante uma longa entrevista ao canal “BBC”, Kate McCann confessou que todo os aniversários de Maddie, apesar de ela não estar presente nos últimos dez, significa um presente para ela. “Como não o fazer? Ela será sempre a nossa filha!", confessou a mãe de Maddie, uma menina que faria 14 anos de idade.

No próximo dia 3 de maio, quarta-feira, vai fazer dez anos desde que o casal McCann, durante umas férias no sul de Portugal, Algarve, perdeu a sua filha, alegadamente raptada.

Publicidade
Publicidade

Depois de anos e anos de buscas e investigações, que custaram muitos milhões de euros às autoridades portuguesas e inglesas, nada se conseguiu descobrir, sendo ainda um enorme mistério o que de fato aconteceu com uma menina de quatro anos que estava sozinha no apartamento com os seus dois irmãos mais novos.

A verdade é que, apesar de nada ter sido descoberto, os pais de Maddie acreditam que ainda há esperanças que, mais tarde ou mais cedo, vão receber uma grande notícia. “Nenhum pai desiste do seu filho a não ser que tenha certeza que ele está morto. Nós não temos nenhuma prova que isso tenha acontecido”, afirmou de forma muito direta e emocionada Kate McCann durante sua longa entrevista ao canal britânico “BBC”, como garante o site “Notícias ao Minuto”.

De fato, segundo confessou Kate, além do dia 3 de maio, os aniversários da sua filha são dos dias que mais custam aos familiares e amigos.

Publicidade

Além de estarem fazendo de tudo para que as investigações continuem, apesar de nenhuma prova nova ter sido para já descoberta, os pais de Maddie prometeram recorrer ao processo judicial que fizeram contra Gonçalo Amaral, o primeiro detetive responsável pelo caso do desaparecimento de Maddie que, quando foi afastado da sua função, escreveu um livro onde expõe todos as provas que indicam claramente que foram os pais de Maddie que mataram e conseguiram esconder o corpo da menina sem que ninguém tivesse conseguido encontrar. De relembrar que, poucos dias depois do desaparecimento da menina, uma equipe de cães das autoridades portuguesas tinha conseguido detetar o cheiro da menina no carro que os seus pais usavam no Algarve. Mesmo com essa prova, em momento algum, o casal britânico foi considerado suspeito pelo crime cometido contra a sua filha. #Europa #Investigação Criminal